AnálisesPS4

Tomb Raider: Definitive Edition

Análise

NOME: Tomb Raider: Definitive Edition
FABRICANTE: Crystal Dynamics / United Front Games
PLATAFORMA: ps4
GENERO: Ação / Aventura
DISTRIBUIDORA: Square Enix


LANÇAMENTOS
31/01/2014 31/01/2014 Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução: 1080p

Jogadores: 1 (2 a 8 online)

Troféus (inclusive Platina)

Espaço necessário: 17 GB

Headset


Tomb Raider foi, indiscutivelmente, um dos melhores títulos de 2013 de PS3. Em nossa lista de melhores do ano passado ele acabou ficando em terceiro lugar, inclusive.

Agora, a Square Enix, a Crystal Dynamics e inclusive a United Front Games nos trazem Tomb Raider: Definitive Edition ao PlayStation 4.

Antes de mais nada, recomendamos que você leia nossa análise detalhada da versão de PS3, a qual se foca nos principais elementos da aventura de Lara.

TR: DE no PS4 possui, digamos assim, o mesmo recheio da versão de PS3, mas a sua superfície é completamente nova. O que quero dizer é: o conteúdo é exatamente o mesmo – a história ainda é a mesma, os lugares ainda são os mesmos e os colecionáveis e upgrades continuam sendo os que existem na primeira versão. Porém, os gráficos são completamente novos e refeitos.

Nesta nova geração do PlayStation 4, por ela não apresentar um salto gigantesco (ao menos até agora) em relação à anterior, os jogadores esperam algo que vimos pouco até o momento: gráficos em 1080p e a 60 quadros por segundo. Tomb Raider: Definitive Edition segue isso à risca: tudo flui de uma forma muito bonita e nítida. É extremamente raro você sentir alguma possível queda na taxa de quadros por segundo.

Isso sem mencionar que não são os gráficos do PS3 "maiores" e com a taxa mais alta. Muita coisa sofreu um upgrade, sejam itens pequenos no cenário ou as paisagens em si. Mas sem dúvida e que você mais notará será a própria Lara Croft. Primeiro temos o cabelo da tecnologia "TressFX", que parece deixar cada fio com vida própria. Depois, temos a sua face que foi remodelada. Muitos fãs não gostaram do novo visual, porém pessoalmente eu gostei mais desta versão do que a existente no PS3. E, por fim, temos a "sujeira" que já era muito bem feita no original e continua ainda melhor aqui, deixando Lara extremamente viva.

Visualmente você notará que o jogo parece melhor. No próprio PS3 ele já era muito bonito, portanto não espere algo gritante de diferença, exceto o modelo de Lara. Mas como dito, 1080p e 60 quadros por segundo fazem diferença e nos acostumarão mal nesta geração que se inicia.

Outra característica nova com o PS4 é o streaming do jogo. Se você pretende realizá-lo, notará que muitas pessoas virão no bate-papo e começarão a falar "die" e "revive". A explicação para isso está nesta notícia. Então, infelizmente, o streaming funciona da mesma forma que os outros títulos do PS4 até o momento.

O single-player ainda faz uso de algumas coisas do PS4, como o Touch Pad do DualShock 4 para controlar o mapa e a luz do controle piscar conforme a situação na tela se desenrola.

O multiplayer também está presente aqui e continua o mesmo – ruim, infelizmente. Acaba se tornando um passatempo, mas claramente é um modo desnecessário e que em um ou dois anos estará vazio.

Por fim, como estamos falando de uma "Definitive Edition", todos os DLCs lançados para PS3 estão aqui. Então você pode aproveitar desde o início a jornada com determinadas skins para Lara, por exemplo.

Veredito

De uma forma geral, Tomb Raider: Definitive Edition ainda é o mesmo jogo de PS3. É um pouco triste pensar que não há uma localização ou missão inédita, mas para aqueles não jogaram até agora, essa é a hora: Tomb Raider: Definitive Edition é extremamente recomendado e é a melhor forma de se aproveitar a primeira jornada de Lara. Ela nunca esteve tão perfeita, literalmente.

Jogo analisado com código fornecido pela Square Enix.

95%