AnálisesPS3

Sonic the Hedgehog

Análise

NOME: Sonic the Hedgehog
FABRICANTE: Sonic Team
PLATAFORMA: ps3
GENERO: Ação / Plataforma
DISTRIBUIDORA: SEGA


LANÇAMENTOS
23/03/2007 23/03/2007 21/12/2006


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Nº de Jogadores: 1

Definição HD: 1080p

Downloadable Content (DLC)


Sonic the Hedgehog foi lançado em 2006 para comemorar os 15 anos do ouriço. Nada mais apropriado em escrever essa análise para os seus 18 anos (juntamente com a de Sonic Unleashed que chega amanhã).

Se existe uma maneira de comemorar o aniversário de um personagem da pior maneira possível, Sonic the Hedgehog seria o melhor exemplo. A SEGA prometeu muito com os trailers (enganadores), mas ao colocar as mãos no título temos bugs, comandos que não respondem o pedido do jogador, história horrível, loadings intermináveis e muito mais. Nada se salva no título?


Sonic the Hedgehog conta a história da cidade de Soleanna. Durante o chamado "Festival of the Sun" (Festival do Sol) com a Princesa Elise, a cidade é atacada por Eggman (Robotnik), o qual está procurando a "Flames of Disaster". Sonic chega e ajuda a princesa a escapar. A partir daí, o jogo começa.

O problema na história é o seu desenrolar. A escolha por optar o enfoque na princesa Elise foi uma das piores opções que a Sonic Team poderia ter feito. Muitas coisas que não gostaria de entrar em detalhes – principalmente o seu final – são deprimentes. Não se engane: considero Sonic Adventure e principalmente Sonic Adventure 2 como os melhores enredos para os jogos do ouriço. Mas Sonic the Hedgehog não convence. Tenta ser um enredo sério (tanto que o jogo é classificado para maiores de 10 anos) e falha muito nesse aspecto.



As CGs que contam algumas partes da história não salvam

 

Você pode jogar Sonic the Hedgehog com os três ouriços, cada qual com sua história: Sonic, Shadow e o novo Silver. Sonic conta com fases de plataforma no mesmo estilo dos jogos Adventure, ou seja, velocidade e destruir inimigos com o Homing Attack (aperte pulo duas vezes). De longe, o gameplay com Sonic é o melhor que o game pode oferecer, principalmente em determinadas partes em que o ouriço corre em uma velocidade incrível. No entanto, encontramos diversos bugs nas fases de Sonic. O número de tentativas de acertar o pulo para uma determinada plataforma (e você morrer tentando) será imenso. Algumas vezes você ultrapassará paredes e morrerá no processo. Outras ainda são uma marca registrada dos Sonic 3D desde o primeiro Adventure: se você correr em uma rota pré-determinada pelo game e não segurar apenas para frente, resolvendo apertar para os lados também, o game tirará Sonic da rota e você morrerá. Resumindo: é possível se divertir nas fases de Sonic, bastando apenas que você obedeça certas regras invisíveis do jogo.

O problema é que o game não se restringe apenas às fases. Existe um "Adventure Field" no mesmo formato que o primeiro Sonic Adventure para os três ouriços. Ele serve para interligar as fases e explicar a história do game. Porém, nesse processo, há diversas missões opcionais com os humanos presentes na cidade ou outras regiões do game. Essas missões consistem de coisas simples como destruir inimigos ou coletar algo em um determinado tempo. Algo interessante, mas o maior problema é o loading: além dele existir nas fases e em qualquer lugar que você quiser jogar, nas missões em específico ele é absurdo. Fale com a pessoa. Loading. Diga sim. Loading. Faça a missão. Loading. Tela de resultados. Loading. A pessoa disse que você completou a missão. Loading. Ganhe o prêmio e um último loading para retornar ao "Adventure Field". É realmente absurdo.


Shadow e Silver possuem fases mais devagares, que são focadas em ação e puzzle, respectivamente. A ação de Shadow lembra a do seu game exclusivo e bastante criticado, Shadow the Hedgehog. Não há armas de fogo, mas há veículos como motos e carros equipados com armas, além de uma espécie de pára-quedas. Apesar desses momentos, o resto lembra Sonic, mesclando uma velocidade menor com um número maior de inimigos. Shadow possui alguns ataques diferenciados por causa disso.


Já Silver possui ataques psíquicos. Graças à engine Havok, o ouriço pode pegar vários objetos ao seu redor e lançá-los nos inimigos ou resolver certos puzzles. Silver praticamente não corre, mas pode flutuar por um determinado período. Sendo bastante honesto, as fases de Silver são extremamente monótonas e entediantes. A partir da terceira fase, os movimentos começam a se repetir sem parar e pela sequência das ações não ser rápida, o jogador começa a não aguentar mais a jogar.

Vale notar que o jogo não é exclusivo aos três ouriços. Em determinados momentos você deve controlar Tails, Knuckles, Amy, Rogue e vários outros personagens, até mesmo Blaze. São momentos curtos, normalmente pequenos trechos das fases, que, na tentativa de variar o gameplay, acaba atrapalhando ainda mais, pois normalmente são trechos com puzzles e outros elementos que nunca combinaram com o universo Sonic.

Sonic the Hedgehog possui uma boa durabilidade. Apesar de não ter suporte a troféus (se tivesse, basta olhar as conquistas no Xbox 360, o que inclui a impossível missão de conseguir rank S em todas as fases), há muitas coisas a serem completadas além da história principal (que dura cerca de 15 horas), como as missões nos "Adventure Fields".

A trilha sonora, por outro lado, é o melhor que o jogo oferece. A música tema, "His World", tocada por Ali Tabatabaee e Matty Lewis da banda Zebrahead, pode ser que não agrade a todos. Mas há diversos estilos musicais espalhados pelo game, incluindo até mesmo um remix da música "Sweet Sweet Sweet" da banda Dreams Come True feita por Akon. Esta música era a de encerramento do Sonic the Hedgehog 2 do Mega Drive. Outras músicas, como o tema de Shadow feita pela Crush 40 e o tema de Silver pela Remix Factory, também são excelentes.


Antes de encerrar, vale notar que Sonic the Hedgehog possui um modo multiplayer. Há dois estilos diferentes, ambos para dois jogadores: Tag Mode e Battle Mode. No primeiro, Sonic, Silver ou Shadow devem trabalhar juntos para completar as fases e colecionar as esmeraldas. Nesse modo, as vidas são compartilhadas. Já o segundo coloca os dois jogadores um contra o outro para correrem até o final de uma fase selecionada: quem chegar primeiro, vence.

Sonic the Hedgehog é praticamente cheio de pontos negativos. Há alguns positivos, mas que não justificam a experiência de jogá-lo. Nem os fãs mais doentios do ouriço devem experimentá-lo. Não cometa esse erro. Mas se cometer, tente jogar apenas as fases de Sonic. Não me responsabilizo pelos danos que podem acontecer se você decidir finalizá-lo.

35%