AnálisesDLCPS3

El Diablo’s Domain (Guacamelee!)

Análise

NOME: Não disponivel
FABRICANTE: Não disponivel
PLATAFORMA: ps3
GENERO: Não disponivel
DISTRIBUIDORA: Não disponivel


LANÇAMENTOS
Não disponivel Não disponivel Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Não disponivel


Guacamelee! é um sério candidato a meu jogo favorito do ano até agora (confira a nossa análise). O jogo é muito bonito, extremamente divertido e não me canso de jogá-lo sempre que tenho a oportunidade (já o terminei 5 vezes). Eu já considero o jogo normal um pacote completo, mas recentemente ele recebeu um novo DLC, intitulado El Diablo’s Domain, que é tudo o que eu quero em um conteúdo adicional: amplia a história do jogo, oferece muitas áreas novas e desafiadoras para jogar e tem um preço bastante módico.
 
 
 
El Diablo’s Domain (EDD) expande a história do jogo, mostrando o que aconteceu com Diablo, o “chefe” do inferno que foi transformado em galo pelo vilão Calaca. De volta ao seu lar, Diablo encontra seu escritório do mal todo cheio de barreiras que o impedem de exercer seu trabalho de forma adequada. Cabe a Juan (e Tostada, caso esteja jogando em co-op) ajudá-lo, vencendo salas de desafios até chegar ao topo do prédio, onde fica a mesa de despacho do pobre galo.
 
São 17 salas com desafios que podem ser de dois tipos: seções de plataforma e arenas de combate. Cada desafio possui suas peculiaridades, e cada um oferece medalhas de bronze, prata ou ouro para quem conseguir terminar com os melhores tempos. Como exemplos, um dos desafios de plataforma exige que você guie uma galinha por um labirinto de plataformas e espelhos, usando agarrões e as mudanças de dimensão para controlar para onde ela voa. Já uma das salas de combate exige que você faça um combo de várias centenas de hits sem poder usar os seus golpes especiais.
 
Estas salas são todas extremamente legais de jogar, e o desafio de terminar com o melhor tempo para conseguir as medalhas de ouro é viciante. Se você gosta das mecânicas de plataforma e combate de Guacamelee!, você terá que usá-las de forma quase perfeita aqui para completar os objetivos. É um conjunto de tentativa-e-erro muito empolgante e que certamente vai entreter quem gosta do jogo.
 
 
 
Mas as recompensas por terminar as salas com os melgores tempos não são apenas simbólicas: o DLC oferece 3 novas roupas que alteram bastante a forma de jogar, e cada uma é liberada progressivamente conforme você cumpre os desafios: 10 medalhas de bronze liberam a roupa El Portero, inspirada em um famoso goleiro mexicano e que oferece agarrões muito fortes, com a penalização de ter ataques físicos mais fracos. Como bônus: a forma de galinha dos personagens vira uma bola com essa roupa.
 
10 medalhas de prata liberam a roupa de Alebrije, o monstro do folclore mexicano que também aparece no jogo principal. Esta roupa faz o dano que você causa ser imenso, mas você também sofre muito caso leve algum golpe, e a sua forma de galinha é um dragãozinho. Por fim, 10 medalhas de ouro liberam a Diablo’s Suit, um belo terno que reduz a sua barra de vida ao mesmo tempo em que faz cada golpe seu recuperar uma parte da sua vida, e também oferece uma barra de stamina bem maior. A forma de galinha é o mesmo galo de Diablo.
 
 
 
O legal dessas roupas é que elas realmente oferecem mudanças na forma de jogar, com benefícios e penalizações bem balanceadas que as tornam muito úteis em diversos cenários, inclusive nos próprios desafios do DLC. No exemplo que eu dei da sala de plataforma, de controlar a galinha, a roupa do Portero ajuda imensamente a completar o objetivo mais rapidamente, por exemplo. Como as roupas são liberadas com 10 medalhas, e há 17 salas no DLC, você poderá usar as roupas nas 7 salas que achar mais difíceis, caso queira.
 
Se eu tenho alguma reclamação do DLC, é que ele só é acessível a partir de certo ponto do jogo (você só pode entrar nele após adquirir a habilidade de alterar as dimensões), então caso você esteja em um save antes desta parte, terá que chegar até ela para jogar. Isso é explicado pela história do DLC, mas ainda assim isso pode ser um problema para alguns, inclusive eu. Também achei um pouco escondida a entrada do DLC: é uma porta no meio do nada na área do deserto, com um ícone minúsculo no mapa.
 
 
 
Este problema é acentuado por uma decisão de design que não me incomodou no jogo normal, mas que aqui me atrapalhou: só existir 1 slot de save e não existir a possibilidade de modificar a dificuldade do jogo depois que você o começa. Eu estava em um save no Hard, no meio do jogo, e queria jogar o DLC no Normal (pois o Hard aqui é realmente brutal), então fui obrigado a iniciar um novo jogo, perder o meu progresso no Hard e então jogar mais ou menos 2 horas até poder acessar o DLC. Um sistema de 3 slots de salvamento resolveria esse problema facilmente.
 
Porém, passado esse problema inicial, eu me diverti imensamente com o DLC. Ele oferece mais do que eu adorei no jogo normal e com um desafio grande e que não é frustrante em nenhum momento. Recomendo este DLC para todos que gostaram do jogo principal, pois aqui você terá que usar tudo o que aprendeu para poder completar os objetivos. Também vale mencionar que o DLC oferece mais alguns troféus para quem quiser chegar aos 100%, ampliando ainda mais a sua vida útil. O preço também é muito justo pelo que é oferecido (U$ 2,99 na PSN US e R$ 6,49 no Brasil), e ainda é vendido no sistema Cross-buy com a versão de Vita. Em suma: se você tem Guacamelee! na sua coleção, compre este DLC e seja feliz.
 
 
 
 

 
 
DLC analisado com código fornecido pela desenvolvedora.
90%