AnálisesPSP

Monster Hunter Freedom Unite

Análise

NOME: Monster Hunter Freedom Unite
FABRICANTE: Capcom
PLATAFORMA: psp
GENERO: RPG de Ação
DISTRIBUIDORA: Capcom


LANÇAMENTOS
26/06/2009 26/06/2009 27/03/2008


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Disponível na PlayStation Store

Nº de Jogadores: 1 (Ad Hoc: 2-4)


Se você acompanha o mercado japonês de games, com certeza conhece Monster Hunter. A série, que já é uma das mais populares em seu país de origem, ao lado de outras como Dragon Quest e Pokémon, fez do PSP japonês uma plataforma praticamente dedicada ao RPG de ação da Capcom. Em uma época de grande retração econômica, os jogos com o nome da franquia conseguiram vender vários milhões de unidades, mesmo não sendo muito conhecidos no Ocidente. Com Monster Hunter Freedom Unite, mais recente versão portátil da série, a Capcom tenta inverter este quadro, e transformar a franquia em uma gigante também nas Américas e na Europa. Conheça abaixo os motivos pelos quais você, dono de um PSP, deve fazer parte deste esforço.




Monster Hunter é um RPG de ação bem diferente daqueles com os quais estamos acostumados. Esqueça experiência, níveis, modos de batalha, trava de mira, e tudo mais, pois nada disso existe aqui. O jogo abandona sistemas de progresso e evolução linear para os personagens em prol de uma aproximação mais realista ao gênero, com o sucesso do jogador se baseando não em números, mas em sua habilidade.

Em Freedom Unite, você assume o papel de, pasme, um caçador de monstros. Após deparar-se com um enorme dragão no pico de uma montanha e despencar por um desfiladeiro, você é socorrido por um homem e ganha abrigo em uma pequena vila, que enfrenta constantes problemas causados por monstros de todos os tamanhos e cores. Assim, seu papel passa a ser o de um protetor da vila, que deve atender aos pedidos de socorro de todos e enfrentar as mais perigosas criaturas do mundo.




O esquema de jogo é dividido em dois estágios: o de preparação e as missões propriamente ditas. O estágio de preparação ocorre na vila, onde você deve selecionar o equipamento a ser utilizado na missão, cuidar de sua fazenda (explicada a seguir), se alimentar na Felyne Kitchen (idem) e comprar itens para serem utilizados nas batalhas. Você pode, então, seguir em frente e conversar com a anciã da vila (ou seu gato) para selecionar uma dentre as dezenas de missões. Existem alguns tipos diferentes de missão, incluindo de busca, em que você deve encontrar itens espalhados pelos cenários, e de caça, em que você deve procurar e derrotar tipos diferentes de monstros. Em todas, porém, há uma certeza: você encontrará diversos tipos de criaturas agressivas, que não irão facilitar sua vida.

Sendo uma versão atualizada do lançamento de 2007 Freedom 2, Freedom Unite herda de seu predecessor toda a jogabilidade e sua interface, com pequenas melhorias e adições. Ao selecionar uma missão, você é levado a uma das várias áreas do jogo, de uma seleção que incluem regiões vulcânicas, costeiras, florestais, entre outras – cada uma com suas próprias espécies de monstros. Cada mapa do jogo é subdividido em diversas seções, separadas por curtas telas de loading, que, por sua vez, possuem suas próprias características. No pântano, por exemplo, existem sub-divisões de diversos tipos: algumas dentro de uma caverna, uma em uma pradaria, e outras no pântano propriamente dito. Isso demonstra a diversidade dos ambientes de Freedom Unite, que criam um mundo vivo e atraente.




Existem 11 tipos diferentes de armas, cada um com suas próprias mecânicas de funcionamento. Existem balistas, arcos, variações de espadas, martelos, lanças, entre outros – cabe à você interpretar que tipo de arma é melhor para cada situação de batalha, e quais você consegue manejar com maior eficiência. No início do jogo, você tem acesso fácil apenas a um modelo básico de cada tipo de arma, com atributos fracos, mas é possível, à medida que você progride no jogo, juntar materiais para forjar armas mais poderosas com atributos melhores. O mesmo vale para o resto de seu equipamento, que, assim como todas as armas do jogo, possuem visuais únicos que alteram a forma como seu personagem é representado na tela do PSP.

Fator de grande importância no jogo e único meio pelo qual é possível se fortalecer é a coleta de materiais. Estes são os mais diversos, desde insetos até minerais, e podem ser encontrados de diversas formas ao longo do jogo. É possível partir em busca deles em missões específicas, retirar dentes e outras partes de monstros derrotados, pescar e coletar espécies raras, achar pontos de mineração nas montanhas para coletar pedras únicas… E por aí vai. Esses materiais variam em nível de raridade, e podem criar armas e armaduras exponencialmente mais fortes do que os iniciais. Para obtê-los, ainda é possível cuidar de sua fazenda, que pode receber acréscimos e abrigar plantações, um lago, pontos de mineração, uma colméia (para mel), entre outras fontes regulares de materiais.




Depois de ter todo o seu equipamento forjado e selecionado, você deve escolher os itens que levará para a missão e se alimentar bem na Felyne Kitchen, a cozinha de seus serviçais felinos, pois ninguém é capaz de enfrentar desafios como um Tigrex de estômago vazio. Diferentes pratos lhe concedem bônus de atributos diferentes, como aumento da resistência ao calor ou ao frio, um aumento de energia, entre diversos outros.

Feito tudo isso, é possível partir em uma missão. Após encontrar seu inimigo, é necessário aprender, em meio à ação, seu padrão de movimentação e ataque, para então iniciar investidas contra este. Como dito anteriormente, sem um sistema de trava de mira, o seu sucesso nos embates se baseia em sua habilidade no manejo de seu personagem. Você deve alternar entre ataques e rolamentos para escapar de contra-ataques dos monstros, que podem ter várias vezes o seu tamanho. Sem um segundo direcional analógico no PSP, o manejo da câmera com a ajuda do direcional digital e dos botões laterais pode ser um obstáculo nas primeiras missões – mas após algumas missões controlando a câmera desta forma você se acostuma.

Mesmo sendo diferentes para cada tipo de arma, os controles de Freedom Unite funcionam perfeitamente. Cada arma possui alguns métodos únicos de ataques, como o modo de demonização das lâminas duplas; outras possuem métodos de defesa, como a Gunlance, que pode atuar como um escudo. Todas essas funções únicas estão mapeadas para botões diferentes do PSP, de forma que, a cada nova arma a ser utilizada, você deve se acostumar com os controles.

Uma novidade interessante à jogabilidade de Freedom Unite que não estava presente em jogos anteriores é a adição de um companheiro Felyne para as missões que antes seriam solitárias. É possível treinar seu companheiro para disparar bombas contras os inimigos, colocar armadilhas, coletar itens, entre várias outras ações.




Se Freedom Unite diverte mesmo em partidas solitárias, o entretenimento proporcionado pelo modo multiplayer local é indescritível. Coordenar até quatro combatentes contra os monstros é algo que requer grande concentração, pois ataques sem organização podem compromissar a missão, já que existe um limite de três jogadores inconscientes por batalha, antes que essa seja considerada um fracasso. O modo para mais de um jogador possui diversas missões exclusivas, e deve ser explorado em sua integridade para que todos os monstros sejam derrotados. Infelizmente, o modo multiplayer, como foi dito, é apenas local. No Japão, o aplicativo de PlayStation 3 adhoc Party transforma o console de mesa em uma "antena", que permite que você jogue o modo com pessoas de todo o mundo – mas este ainda não esta confirmado para o Ocidente.

Em termos técnicos, Monster Hunter Freedom Unite leva o hardware ao seu limite. Belas e detalhadas texturas e movimentos realistas e convincentes compõem a parte gráfica do jogo, que enche os olhos. A trilha e os efeitos sonoros do jogo também não ficam para trás, criando um clima épico para as batalhas e ajudando a dar vida aos diversos ambientes naturais em que o jogo se passa.




Monster Hunter Freedom Unite é um jogo monstruoso. Capaz de divertir por centenas de horas, o título ainda pode manter ocupados os que quiserem obter todos os equipamentos em suas formas mais poderosas por meses. Indo contra a tendência de jogos do gênero, o jogo é genuinamente difícil – não por colocar no caminho do jogador obstáculos numéricos intransponíveis, mas sim pela jogabilidade deste se apoiar apenas na habilidade do jogador. Além de tudo o que foi citado acima, ele ainda possui diversos outros fatores de jogabilidade e funcionamento que, se fossem todos citados, triplicariam o tamanho deste análise. Um jogo que rende, oferece real dificuldade, é profundo… E diverte como poucos. Sendo a versão portátil mais completa da série, com diversos novos monstros, estágios, itens, equipamentos, entre outras coisas, Freedom Unite é obrigatório para fãs da franquia. E também para todos os outros, já que este é um dos melhores, ou ainda, o melhor jogo de PSP disponível hoje.

100%