AnálisesPS4

Análise – Untitled Goose Game

Análise

NOME: Untitled Goose Game
FABRICANTE: House House
PLATAFORMA: ps4
GENERO: Puzzle / Stealth
DISTRIBUIDORA: Panic

LANÇAMENTOS
17/12/2019 17/12/2019 17/12/2019


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução Máxima: 1080p
Troféus (inclusive Platina)
Nº de Jogadores: 1
Espaço Necessário: 888 MB
Dublagem PT-BR: Não
Legendas PT-BR: Sim


Untitled Goose Game é um jogo em que você deve deixar o stress de lado, pois o objetivo é atormentar a vizinhança como um ganso que faz compras, quebra vasos, troca de óculos e faz um piquenique. E claro, fazendo “quéck” onde passa, irritando todo mundo.

Se você não vive em uma caverna isolada e assistiu à transmissão da The Game Awards 2019, deve ter visto a colaboração divertida entre o jogo e Muppets Lab, que anunciaram a premiação para “Games de Impacto”, mostrando o professor Beaker andando no jogo e sendo perseguido pelo ganso mal humorado. Confira a esquete aqui.

Untitled Goose Game

Lá em 2016, a pequena desenvolvedora House House havia terminado o jogo Push Me Pull You e estavam coletando ideias para novos trabalhos. Então, o designer Stuart Gillespie-Cook postou no chat do grupo uma foto de um ganso aleatório e disse: “vamos fazer um jogo sobre isso”. Apesar de curioso, começaram a pensar no assunto. Os gansos são engraçados,correm atrás das pessoas e são temperamentais. Não dá pra negar que é um animal de caráter carrancudo. A ideia virou uma piada interna, e até tentaram formular um jogo. Mas a cada tentativa de raciocínio, surgiam mais piadas e memes sobre o assunto, até que resolveram levar a sério e estruturar um jogo com este comportamento.

Nico Disseldorp, um dos desenvolvedores, disse que planejou com a premissa de que você é um ganso, e será do tipo de ganso que as pessoas parecem ter medo e que cria conflitos. Mas precisou de muitas tentativas para que isso fosse posto em prática. Até que perceberam que estavam envolvidos demais num conceito e não em um jogo. Em outubro de 2017, chegaram num conceito próspero e queriam exibir no festival anual de jogos independentes Fantastic Arcade, no Texas, mas nem site nem título tinham desenvolvido. Quando colocaram o primeiro video no YouTube, deixaram como Untitled Goose Game (Jogo do Ganso sem título).

Untitled Goose Game

Ao longo do desenvolvimento da versão final, o jogo do ganso chato conquistou o mundo todo, não apenas por ser mais um simulador aleatório, mas por trazer elementos como stealth e gameplay. A internet entrou na brincadeira, postavam memes, famosos publicavam videos sobre o jogo, e os gamers davam ideias para aprimorar o conceito.

Partindo para o gameplay, enquanto ganso, você anda por jardins, quintais e ruas de uma vila, tirando onda de moradores em sua rotina diária. Se é que dá para afirmar como missão, seu objetivo é incomodar as pessoas, cumprindo uma lista de exigências nada amigáveis para seguir para a próxima casa da vizinhança. Os objetivos variam, mas são divertidíssimos:

  • Arrastar um ancinho (foi traduzido assim, mas você deve conhecer mais facilmente como rastelo) até o lago;
  • Tirar as pantufas de alguém;
  • Fazer um menino usar os óculos errados;
  • Roubar chaves;
  • Aparecer na TV;
  • Fazer alguém pisar em tomates;
  • Lavar roupa (pegar as roupas do varal de uma senhora e jogar num chafariz de parede com sabão).

E muitas outras situações, até chegar no objetivo final, levando um item do fim até o início da sua trajetória. Não vai ser fácil, mas não há “Game Over” e nem punições. Se roubar algo e for notado, a pessoa que o viu vai correr até o ganso, pegar o item de volta e afugentar. Basta esperar a pessoa ficar desatenta e tentar de novo.

O ponto divertido está na interação com os objetos, e também do personagem não-jogável (NPC), que não dá para prever facilmente, apenas se pegar algo de propósito para ser notado, ou abrir uma portinhola que deve permanecer fechada. É possível concluir o jogo entre 2 a 3 horas, mas como disse acima, pode ser jogado novamente com outras possibilidades. As tarefas a cumprir mudam mas tudo gira em torno do mesmo ambiente.

Untitled Goose Game

O jogo é limpo, estilizado, com várias missões que são os puzzles, basicamente .São quatro cenários e dentro deles em torno de 8 a 10 atividades. Ao completar a maioria, desbloqueia uma ação do NPC que libera a porta para passagem ao outro cenário interativo: jardim com lago e horta, jardim com mesa/cadeira e depósito, rua com lojas e comércio e rua com restaurante. A área final é um bônus simpático para finalizar o último objetivo, mas faz parte de todo o quarteirão da vila.

A música é uma adaptação das obras do compositor francês Claude Debussy, com notas de piano conforme a dispersão, andamento e ações do ganso pelas ruas. A movimentação é um pouco bagunçada, mas não tira nem um pouco a graça do jogo. O ganso caminha, corre do jeito dele, bica alguma coisa, e pode abaixar. Não corre mais rápido que humanos, e têm dificuldade de arrastar coisas pesadas. E, claro, faz seu barulho.

Untitled Goose Game

Apesar do jogo ter como objetivo incomodar as pessoas, é tranquilo e agradável, que chega a aliviar o estresse mesmo nas tarefas mais complicadas. Sair por aí buzinando como um ganso roubando sutiãs e desamarrando calçados alheios é um prato cheio para crianças e adultos. A sensação de jogar contra o sistema é inevitável. Quem nunca pegou um jogo e saiu quebrando tudo, esbarrando em tudo, ou criando situações para confrontar NPCs? O objetivo de Untitled Goose Game está em estragar tudo ao redor e descobrir maneiras diferentes de fazer tudo isso.

Veredito

Untitled Goose Game é simples, prático e rápido. Trazendo uma diversão inimaginável. Um ganso que tem como objetivo importunar as pessoas? Achei ótimo. Não esperava esse estilo de jogo depois de toda repercussão na internet. Considero mais um jogo da série: precisamos valorizar mais os indies.

Jogo analisado no PS4 padrão com código fornecido pela Panic.

80%