AnálisesPS4

Análise – NBA 2K20

Análise

NOME: NBA 2K20
FABRICANTE: Visual Concepts
PLATAFORMA: ps4
GENERO: Esporte
DISTRIBUIDORA: 2K Sports


LANÇAMENTOS
06/09/2019 06/09/2019 Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução Máxima: 1080p
Nº de Jogadores: 1-4 (2-10 online)
Troféus (inclusive Platina)
Espaço Necessário: 48,63 GB
Dublagem PT-BR: Não
Legendas PT-BR: Não


Dentre todos os lançamentos anuais de jogos de esporte, NBA 2K costuma ser um dos mais aguardados. A cada nova edição, a série consegue se tornar uma simulação ainda mais fidedigna da ação dentro das quadras, estabelecendo um patamar quase inalcançável pela sua concorrência.

Como seria de se esperar, NBA 2K20 faz exatamente isso, elevando a sua representação do basquete a níveis dignos dos próprios Monstars, destruindo completamente a competição (não há sequer uma data de lançamento anunciada para o NBA Live desse ano) e mais uma vez se consolidando como o melhor jogo de esporte do mercado, trazendo algumas novidades bem significantes em relação ao jogo passado.

Uma das principais adições e que se percebe ainda antes do menu inicial é a inclusão dos times da WNBA, a principal liga de basquete feminino dos EUA, incorporando os seus 12 times aos 30 times da NBA já presentes no jogo. Apesar de ser uma inclusão importante (o próprio NBA Live 19 já contava com esses times), ele fica restrito ao modo de partidas rápidas e ao WNBA Season, onde é possível jogar temporadas da liga, incluindo os playoffs, com um dos seus times.

NBA 2K20 WNBA

Outro ponto do NBA 2K20 que precisava de novidades e que felizmente foi ajustado foi a sua interface. Os menus do NBA 2K19 já eram relativamente intuitivos, mas tudo parece mais ágil e responsivo esse ano e bem condensados, sem a necessidade de se ficar perdendo tempo com isso. Onde isso é mais notável é no MyCAREER que foi bastante afetado por esses problemas no ano passado e que agora com uma estrutura muito melhor para se cuidar do seu jogador.

Obviamente, mantendo a mesma linha dos anos anteriores, o MyCAREER é o centro das atenções no jogo. Com a história sendo produzida pela Uninterrupted, empresa da super-estrela LeBron James e supervisionada pelo mesmo, ela foge bastante da fórmula usada nos jogos anteriores, sendo muito mais livre e aberta ao mesmo tempo em que conta com um elenco ainda mais estrelado do que nos jogos anteriores.

Longe da narrativa forçada dos jogos anteriores, desta vez temos o jogador assumindo o papel de veterano de uma faculdade fictícia que acaba se envolvendo em uma polêmica perto do Draft por se recusar a jogar em uma partida do March Madness em protesto ao corte da bolsa de um colega de equipe e que precisa navegar a sua entrada na NBA tanto em relação a suas habilidades na quadra quanto com as responsabilidades de ser um atleta que ficou conhecido por seu ativismo.

NBA 2K20

A mensagem por trás da história, em especial sobre o importante papel que atletas têm em usar a riqueza e fama que conquistaram através do esporte para tentar tornar a sociedade um lugar melhor para todos. Para quem acompanha a NBA e em especial para os fãs do King James isso não é uma surpresa, sendo bem alinhado com tudo que o atleta tem falado e feito ao longo da última década.

Essa concisão na mensagem e a maior liberdade concedida ao jogador funcionam em favor do MyCAREER, sendo a melhor e mais completa experiência que a série já trouxe. A inclusão de grandes atores no elenco, incluindo Idris Elba e Rosario Dawson em papéis de destaque, além de performances surpreendentemente boas dos jogadores da liga e do Maverick Carter contribuem para uma sensação de imersão que não costumava ser vista fora das quadras.

Obviamente, como em todo ano, tem uma reclamação que retorna sempre quando a discussão é o MyCAREER (e o MyTEAM) que é a quantidade excessiva de microtransações presentes no jogo. O grind necessário para o jogador é imenso e claramente desenhado para te forçar a comprar Virtual Currency. Isso é bastante frustrante já que, como sempre, quando você é capaz de jogar, ele é incrível, sendo o principal modo de jogo, sendo inclusive parte fundamental da estratégia de eSports da série.

NBA 2K20

Talvez o que mais frustra em relação aos problemas em que essa tentativa de forçar o jogador a se valer de microtransações é o quão profundo e interessante o sistema de evolução do seu personagem é, contando com uma vasta gama de arquétipos e builds que podem ser feitas para cada posição, várias badges para serem adquiridas, uma enorme variedade de roupas e outros itens e a possibilidade de jogar não só na liga, mas também na Neighborhood (e a sua própria coleção de minigames e possibilidades) ou no Pro-Am.

Contando com seus próprios problemas envolvendo microtransações também está outro importante modo de jogo, o MyTEAM, a versão do NBA 2K para os modos de coleção de cartas/jogadores presentes nos jogos da EA. A grande novidade para esse modo é a inclusão das Evolution Cards, cartas que podem ser melhoradas ao alcançar determinadas metas estatísticas.

Para ganhar novas cartas, o jogador precisa acumular MT, a moeda exclusiva desse modo, ou comprar pacotes de VC. Obviamente, os pacotes maiores de cartas só podem ser comprados usando VC que, se é possível usar os pontos adquiridos em outros modos, eles custam muito caro, novamente em uma estratégia para forçar a mão do jogador a comprar moedas virtuais.

NBA 2K20

Naturalmente, comprar os pacotes de cartas não são a única forma de se adquirir novos jogadores, já você pode ir acumulando pontos e desbloqueando jogadores através dos modos singleplayer e multiplayer disponíveis dentro do MyTEAM, com tokens de recompensa podendo ser usados para desbloquear cartas especiais e moedas podendo ser usadas para comprar jogadores específicos dentro da casa de leilões.

É tudo muito similar a como o MT já funcionava nos anos anteriores, não havendo grandes novidades. Novas cartas e novos desafios serão adicionados ao longo da temporada para manter o modo sempre com novidades, mas isso também já é o que se espera dele. É um modo divertido e bem atraente para os fãs da liga e da sua história, podendo se montar times com jogadores de todas as eras da NBA, mas ele pega pesado com as microtransações.

Para quem não quer ter que lidar com todos os problemas envolvendo barreiras artificiais de progresso para tirar ainda mais dinheiro do jogador, a grande alternativa é o MyLEAGUE, bandeira sob a qual estão encompassados o MyLEAGUE, onde é possível gerencia ou ou mais times, fazendo trocas por jogadores, contratando-os, jogando as partidas ou simulando-as, o WNBA Season e a sua versão da NBA, o Season e o MyGM.

NBA 2K20

O MyGM como sempre é o grande destaque desse grupo, trazendo uma série de elementos ao já extremamente robusto sistema de gerenciamento presente no MyLEAGUE, tornando necessário gerenciar o seu relacionamento com jogadores, membros da equipe técnica, outros GMs, além de todos os outros aspectos como rotação da equipe, a constante busca por formas de melhorar a equipe e jogar as partidas em si.

Dentro da quadra talvez seja o que menos viu grandes novidades porque não é muito necessário. Como sempre, a Visual Concepts fez alguns ajustes no funcionamento do analógico direito e trouxe novas animações para o jogo, com tudo parecendo sempre muito fluído, havendo claras diferenças na forma como tipos físicos e posições distintas funcionam e se movimentam pela quadra. O feedback visual das suas ações também continua bastante claro, sendo fácil de perceber onde o jogador pode melhorar, algo que é auxiliado pela altíssima qualidade dos modelos dos jogadores.

Um ponto que merece um destaque positivo é o quanto o comentário das partidas melhorou. Se ainda acaba se tornando repetitivo, é claro que uma grande quantidade de esforço foi dedicada a gravar uma variedade considerável de linhas de diálogo para o jogo, algo que chama a atenção especialmente no MyCAREER. Isso, combinado com a apresentação bem próxima das transmissões que se vê na TV, tornam a experiência ainda mais rica.

Mesmo com os problemas com microtransações, o NBA 2K20 é a experiência definitiva do basquete nas quadras. O jogo extremamente divertido e fidedigno (e a maior parte dos graves bugs que o jogo tinha no lançamento foram resolvidos), com uma riqueza de animações e uma atmosfera incrível, estabelecendo um patamar quase inalcançável para outras séries e que faz com que cada novo jogo que a supera surpreenda.

NBA 2K20 WNBA

Veredito

NBA 2K20 é mais um jogo incrível na série, capturando tudo de melhor que a NBA possui. Mesmo com sérios problemas envolvendo microtransações, ainda é um jogo mais do que obrigatório para os fãs do esporte

Jogo analisado no PS4 padrão com cópia digital fornecida pela 2K Games.

91%