AnálisesPS4

Análise – Hardcore Mecha

Análise

NOME: HARDCORE MECHA
FABRICANTE: RocketPunch Games
PLATAFORMA: ps4
GENERO: Ação
DISTRIBUIDORA: RocketPunch Games

LANÇAMENTOS
14/01/2020 14/01/2020 Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução Máxima: 1080p
Nº de Jogadores: 1
Troféus (inclusive Platina)
Espaço Necessário: 3,54 GB
Dublagem PT-BR: Não
Legendas PT-BR: Não


A ideia de um híbrido de jogo de plataforma 2D/side-scrolling shooter, aos moldes dos clássicos Metal Slug colocando Mechas no lugar de soldados é algo brilhante demais para ter demorado tanto para ser abordado nos videogames. Enquanto a maioria dos jogos usando robôs gigantes como tema tentam se inspirar em simuladores de vôo para passar a sensação de pilotar um (aos moldes do War Tech Fighters do ano passado), Hardcore Mecha segue um rumo completamente distinto e interessante.

Desenvolvido pelo estúdio chinês RocketPunch Games, que financiou este que é o seu o projeto de estréia através do kickstarter e coletou uma série de prêmios em feiras de jogos na ásia, sendo um dos principais jogos do China Hero Project da Sony na China, Hardcore Mecha é uma abordagem surpreendentemente nova para um jogo de ação envolvendo robôs e que faz por merecer os elogios recebidos antes do lançamento, mesmo que não seja perfeito.

HARDCORE MECHA

O roteiro de HM é surpreendentemente claro e direto e veste as suas influências com bastante orgulho. Bastante inspirado pelos animes de robôs mais populares, ele conta uma história relativamente séria sobre um grupo de mercenários encarregados de resgatar uma pessoa de codinome “A” em uma colônia humana em Marte. Em seu caminho está um grupo de mercenários bastante talentosos em lutar contra outros mechas, cabendo a você desvendar a complexa trama por trás dos acontecimentos do jogo.

Todos esses acontecimentos são contados em um estilo bem similar ao de uma visual novel, com imagens estáticas e caixas de texto, algo que não é um problema pois a arte em 2D que o jogo usa nessas partes si é muito bonita, dando uma identidade própria a estética anime que eles escolheram.

HARDCORE MECHA

O design dos personagens e dos mechas merecem um destaque a parte, sendo muito bem feitos e bem detalhados, em especial para um estúdio pequeno em seu primeiro jogo. Até mesmo a forma como os ambientes foram construídos em 2D consegue capturar bem o estilo que os desenvolvedores buscavam, conseguindo passar bem a ideia de se estar dentro de um anime.

Quanto a história, apesar de ser uma premissa simples e que se estende por oito capítulos de uma duração bem razoável, ela acaba sendo meio que um problema por não haver nada de interessante ou divertido nela. É tudo muito padrão, com plot twists absurdos só pra ter mesmo, com discursos megalomaníacos e grandiosos que se esperaria de um shonen barato de qualquer temporada, mesmo que exista um certo charme na maneira em como eles parecem autenticamente feitos por fãs desse tipo de história.

Em contraposição, o gameplay é onde o jogo brilha e faz valer qualquer indicação. O carinho e paixão do estúdio pelo gênero fica muito clara aqui, com as típicas trilhas sonoras misturando metal com cenas intensas de ação, dando o tom claro para que o jogador avance pelas fases atirando em todos os inimigos e socando todos os outros mechas que aparecem pela frente.

HARDCORE MECHA

A progressão pelas fases é bem simples. O jogador usa o analógico esquerdo para se mover e mirar ao mesmo tempo, tendo acesso a uma arma padrão (e outras que podem ser equipadas a medida que o seu mecha vai sendo melhorado), que podem ser alteradas com várias armas coletáveis ao longo das fases, além de ataques especiais (que também podem ser customizados), a possibilidade de pular, usar um dash ou flutuar… É um esquema simples e fácil de se acostumar, mesmo que em alguns momentos seja necessário usar o R2 para se manter parado e mirar com mais facilidade.

A grande comparação em termos de gameplay pro jogo realmente fica com Metal Slug. O sistema de progressão pelas fases, o estilo de desafio em que cada fase consegue ser um pouco frustrante mas nunca impossível e tudo que isso envolve e até mesmo a estrutura de toda fase possuir um chefe no final é bem similar aos jogos da clássica série da SNK. Onde ele começa a se diferenciar e cria a sua própria identidade vem nas possibilidades de customização do seu mecha e a influência que isso tem no combate.

Em cada fase o jogador vai ganhando dinheiro e coletando itens ao longo dela que posteriormente podem ser usados para adquirir novas habilidades para o seu mecha, comprar novas armas ou novas peças que podem ser adicionadas ou substituir as peças anteriormente equipadas na sua armadura de combate. Isso permite ao jogador alterar a forma como o mecha se comporta em combate para melhor se encaixar com o seu jeito de jogar.

HARDCORE MECHA

Esse conjunto acaba entregando um jogo em que cada fase é única e desafiadora, com o jogo nunca te deixando estagnado, seja na sua progressão, seja na variedade de desafios que ele joga no seu caminho. Novos tipos de inimigo sempre aparecem para te tirar da sua zona de conforto e há uma constante sensação de aprendizado que fazem o jogo como um todo valer a pena.

E, mesmo com os problemas do roteiro (que, é preciso admitir, consegue ao menos criar a ilusão de grandiosidade que ele tenta alcançar), o combate mais do que te faz querer seguir em frente, querendo bater nos vários chefes do jogo se não para parar os seus esquemas malucos, mas para fazê-los calarem a boca e ganhar um pouco mais de dinheiro e itens para customizar o seu mecha.

HARDCORE MECHA

É importante notar ainda que mesmo com a campanha sendo relativamente curta, alcançando no máximo umas 10 horas, há ainda uma espécie de modo horda em que é possível controlar qualquer mecha do jogo e um modo PVP online em que os jogadores podem lutar contra outros jogadores com os seus próprios mechas.

No geral, Hardcore Mecha é um jogo que entrega uma boa dose de diversão e que em momento algum se torna massante ou desmotiva o jogador, muito através do gameplay sempre desafiador e divertido que faz com que até mesmo os problemas do roteiro se tornem relativamente irrelevantes quando tudo o que se quer é montar no seu mecha e sair atirando por aí para salvar toda a humanidade.

HARDCORE MECHA

Veredito

Hardcore Mecha é um jogo de ação com mechas bem divertido e bonito, com um estilo de jogabilidade bem único e uma história que se sustenta, mesmo que seja cheio de pequenos problemas que limitam o seu potencial, sendo um bom jogo para fãs de robôs gigantes.

Jogo analisado no PS4 padrão com cópia digital fornecida pela RocketPunch Games.

80%