Wonder Boy Collection – Review

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Se você foi uma criança nos anos 90 ligada no meio dos jogos, em algum momento deve ter se deparado com algum jogo da Turma da Mônica, provavelmente sendo Mônica no Castelo do Dragão ou Turma da Mônica em o Resgate. Mal sabíamos na época que na verdade estes jogos eram versões oficiais reprogramadas da série Wonder Boy pela Tec Toy. Eu, particularmente, era muito viciado em o Resgate. Tinha um caderninho com vários códigos imensos anotados, que serviam como “save point“. Ouso dizer que foi o game que mais joguei em meu Master System até, que confesso que até liguei este ano para derrotar o capitão Feio mais uma vez.

Wonder Boy Collection
Em Wonder Boy, caso perca uma vida durante um cenário, você poderá voltar da placa numerada mais próxima, que serve como checkpoint, Fonte: PS4 Share.

Nostalgias a parte, foi somente muitos anos depois que fui ter contato de fato com algo original de Wonder Boy e, mesmo já sendo algo “velho” na época, conseguiu me divertir muito bem. A ideia desta mais nova coletânea, Wonder Boy Collection, é trazer quatro dos principais títulos da franquia para o PlayStation 4, com pequenas adaptações/melhorias para ser bem jogado em consoles novo (e também TVs grandes), resgatando a nostalgia das gerações antigas e quem sabe até fazer novas pessoas conhecerem estes clássicos da Sega. Os títulos lançados neste pack são: Wonder Boy, Wonder Boy in Monster Land, Wonder Boy in Monster World e Monster World IV.

Para quem nunca teve contato com os clássicos, Wonder Boy original talvez seja um pouco estranho de se jogar. O título é do gênero plataforma side-scrolling, e o objetivo é simplesmente seguir os cenários para a direita, pegando frutas, evitando inimigos e derrotando um chefe a cada 4 níveis, tudo isso sem que o tempo termine. A trilha sonora é puro clichê anos 80, que provavelmente irá te deixar cansado se jogar por mais de meia hora, de tão cansativo que fica com o tempo. Neste título você talvez se incomode um pouco com o modo um pouco “duro” e ruim de andar com o personagem, resultando em muitas mortes desnecessárias. Vale a pena usar e abusar das novas funções de voltar e avançar o tempo do jogo (L1 e R1 respectivamente) e não se preocupar com continues (que também são resolvidos ao pressionar R3 na tela de game over e inserir uma nova “ficha” de jogo). Definitivamente hoje enxergo que apesar de ser um clássico, não tem muito apelo para novos jogadores, pois é possível encontrar outros títulos do gênero, também antigos, que envelheceram um pouco melhor.

Wonder Boy Collection
Já em Wonder Boy in Monster Land ter a habilidade especial certa em determinados chefes pode ser crucial para uma vitória sem perder muito sangue. Fonte: PS4 Share.

Wonder Boy in Monster Land é o meu favorito deste pack da Wonder Boy Collection. Esqueça a repetição de apenas seguir para a direita pegando frutas e evitando monstros. A partir daqui a série se transforma em um conceito bem interessante de RPG de Ação, com sua história acontecendo 11 anos após os eventos do game original. Ainda é preciso tomar cuidado com o tempo para não morrer, mas agora a preocupação maior se dá em juntar dinheiro para aprimorar equipamentos e comprar poderes. Os chefes são divertidos e mesmo com controles travados é possível jogar sem estresse (vamos ser sinceros, é bem difícil pegarmos algo dos anos 80/90, praticamente em sua versão original, e esperar uma fluidez que nem algo de PS5), além de ter uma diversidade um pouco maior de comandos por conta das novas habilidades.

Wonder Boy in Monster World segue a mesma linha de Monster Land: RPG de ação, dinheiro, equipamentos, monstros e chefes. Há alguns elementos de metroidvania por aqui, principalmente pensando na necessidade de certos itens para abrir alguns caminhos. Além disso, também temos mais NPCs pelos mapas, aumentando um pouco o background da história. Particularmente não gosto muito do design da hud do jogo, na parte superior da tela, sinto que polui bastante o cenário. Sinto também que esse título é o mais difícil dos três (o que pode ser bom ou ruim, dependendo do freguês), com o renascimento dos monstros sendo extremamente rápido, te deixando muitas vezes encurralado em algum mapa. No geral, digo que Wonder Boy in Monster Land e Wonder Boy in Monster World são os títulos mais interessantes do pack.

Wonder Boy Collection
Em Wonder Boy in Monster World é possível ver na parte superior da tela a vida restante dos inimigos ao atacá-los. Fonte: PS4 Share.

Enquanto isso, acredito que o quarto título disponível, Monster World IV, tenha sido o que menos me chamou a atenção na Wonder Boy Collection. Não que seja ruim. Muito pelo contrário, acredito que seja, dos quatro clássicos, o com melhor jogabilidade nos dias de hoje. Mas sim pois tivemos já no ano passado o seu remake, Wonder Boy: Asha in Monster World, como uma boa adaptação de design e jogabilidade para a geração do PlayStation 4.

O principal ponto a se avaliar neste pack de Wonder Boy Collection acaba sendo a coletânea como um todo. Apesar de serem bons jogos e verdadeiros clássicos, não sinto um grande apelo para este lançamento incompleto (afinal, faltam ao menos dois jogos dos anos 80 aí dentro). Algo que já é diferente da Wonder Boy Anniversary Collection, que não só possui os 6 títulos clássicos, mas sim um total de 21 jogos, considerando diversas versões de cada um. Este será um lançamento exclusivo físico e bem limitado, e até entendo considerando tantas versões. Não esperava que tivéssemos tudo isso nesta coletânea enxuta digital, muito menos as versões brasileiras da Mônica, mas ao menos um de cada título era o mínimo.

Wonder Boy Collection
Ao pegar uma certa quantidade de itens você pode conseguir um coração extra em Monster World IV. Fonte: PS4 Share.

Em suma, a Wonder Boy Collection em si como um todo vai te divertir se for um estilo de jogo que curta, até porque estamos falando de ótimos clássicos, mas provavelmente não é um produto que vai valer seus 150 reais de preço base de lançamento. É uma coletânea incompleta, com jogos que provavelmente você já tem acesso em algum outro local e sem nenhuma grande melhoria para chamar atenção, apenas adaptado para não ficar “ruim” em consoles e TVs novas. Talvez ter uma platina (relativamente fácil até) possa ser um apelo extra para você pegá-lo agora, mas, no geral, é mais interessante esperar uma boa promoção para colocá-lo em sua biblioteca. E se você realmente é um grande fã da saga, passe longe e já tente o quanto antes conseguir sua edição limitada da Anniversary Collection, pois esse pack sim realmente é interessante.

Jogo analisado no PS4 Pro com código fornecido pela Bliss Brain Corporation.

Veredito

Wonder Boy Collection é um pack com quatro bons jogos clássicos da série Wonder Boy, porém deixa a desejar pois é uma coletânea incompleta, sem nada de muito novo implementado e com um preço elevado.

65
Wonder Boy Collection
Fabricante: Bliss Brain
Plataforma: PS4
Gênero: Plataforma / Ação / RPG
Distribuidora: Bliss Brain / ININ Games
Lançamento: 03/06/2022
Dublado: Não
Legendado: Não
Troféus: Sim (Inclusive Platina)
Comprar na

Wonder Boy Collection is a pack with four good classic games from the Wonder Boy series, but it ends up being an incomplete collection, with nothing very new implemented and with a high price.

Eric Oliveira

Eric Oliveira

Tiro na água!