ONWIN365

Wo Long: Fallen Dynasty – Review

Dentre todas as franquias que se inspiraram nos títulos da From Software, provavelmente a que tenha melhor se estabelecido seja Nioh. Com ela, a Team Ninja conseguiu adaptar a fórmula que combina o combate intenso e recompensador do gênero Soulslike com elementos da história e do folclore da cultura oriental. Agora, após o sucesso de Nioh 2, a Team Ninja aproveita toda a experiência adquirida com a consolidação dessa fórmula, para juntá-la ao conhecimento da Koei Tecmo com jogos inspirados no período dos Três Reinos da China Antiga e nos apresentar seu novo RPG de ação, Wo Long: Fallen Dynasty.

Wo Long é um termo que se refere a um dragão engatinhando, mas também pode ser usado para representar uma pessoa de enorme valor, que ainda não alcançou todo o potencial para ser reconhecida. Wo Long: Fallen Dynasty conta a história de um soldado de milícia desconhecido, que trilhará seu caminho saindo de uma posição sem destaque para se tornar um grande guerreiro, em um período onde a Dinastia Han Posterior está à beira do colapso.

Wo_long(10)

Também é uma história sobre a construção de lendas, onde você encontrará muitas figuras icônicas da era dos Três Reinos, quando ainda não eram conhecidos como os heróis que se tornariam. Nomes como Cao Cao, Liu Bei, Dong Zhuo, Zhang Jiao, Lu Bu, são apenas alguns dos muitos que você encontrará durante sua jornada. Alguns desses personagens se tornarão seus aliados, enquanto outros tentarão alcançar a vitória na guerra se corrompendo através do uso do elixir.

Essa droga mística altamente cobiçada é capaz de elevar a força do corpo para além do limite humano mas, quando usada de forma indevida, pode causar terríveis consequências. A influência do uso do elixir pelas forças inimigas é o catalisador para a propagação do Qi demoníaco e a infestação do mundo por demônios. Isso resulta na aparição de inimigos terríveis, que podem assumir as formas mais bizarras imagináveis.

O design dos inimigos é muito bom, mas não apresenta muitas variações. Mesmo assim, apoiado por um sistema de combate repleto de alternativas, o jogo jamais ficou monótono ou repetitivo. As lutas contra os chefes não impressionaram muito no início, mas isso foi melhorando drasticamente ao longo da história, até chegar em um ponto onde cada luta se tornou empolgante o suficiente para fazer de Wo Long: Fallen Dynasty um jogo memorável.

Wo_long(2)

A grande novidade de Wo Long: Fallen Dynasty está em seu combate, com a implementação do sistema de moral. Ele funciona de maneira um pouco diferente do sistema de level de um jogo tradicional. Ao iniciar cada missão, o jogador terá um nível de moral predeterminado, que poderá ser aumentado conforme avançar na missão. Quanto maior for seu ranking de moral, maior será seu dano causado aos inimigos. O mesmo vale para o caso de possuir um nível de moral baixo, onde as batalhas contra os inimigos serão muito mais desafiadoras.

Subir o ranking de moral é algo imprescindível em Wo Long: Fallen Dynasty e isso pode ser feito de algumas maneiras. A maneira mais simples é derrotando inimigos. O ranking de moral dos inimigos é sempre exibido acima de suas cabeças e derrotar inimigos com ranking de moral mais alto sempre vai recompensar com mais pontos de moral. Também é comum encontrar nos mapas inimigos que estarão com o ranking de moral bem acima do seu. Isso faz com que cada confronto deva ser analisado cuidadosamente.

Wo_long(5)

O ranking de moral também influencia sua capacidade para conjurar magias, sendo que muitas delas só poderão ser usadas após atingir o nível exigido. Esse ranking é sempre resetado a cada nova missão, fazendo com que o jogador de fato tenha que investir seu tempo em matar os inimigos, ao invés de simplesmente passar correndo por tudo.

Com o sistema de moral, a exploração em Wo Long: Fallen Dynasty se torna algo muito importante. Jogar com um nível de moral muito baixo é extremamente punitivo e o jogo recompensará àqueles que se dedicarem a explorar melhor os mapas. Isso nos leva a um outro conceito do jogo: as bandeiras.

Basicamente, há dois tipos principais de bandeiras em Wo Long: Fallen Dynasty. As Bandeiras de Batalha servirão como os checkpoints tradicionais de jogos desse gênero. É nelas que os jogadores marcarão seu progresso, recuperarão itens de cura, subirão de level, dentre outras funções. Mas elas também servirão para aumentar seu nível de destemor. O destemor corresponde ao ranking mínimo de moral que você poderá ficar naquela missão.

Já as Bandeiras de Marcação não servem como checkpoint, mas também são importantes para aumentar seu ranking de destemor, recuperar pontos de vida e se curar de efeitos negativos. Então quanto mais dessas bandeiras você encontrar, melhor será sua chance de progresso. Essas bandeiras normalmente ficarão em lugares escondidos nos mapas e protegidos por inimigos, novamente premiando os jogadores que se dedicarem a encontrá-las.

Wo_long(6)

A punição pela morte em Wo Long: Fallen Dynasty também gira em torno deste sistema. Ao morrer, você perderá seu ranking de moral, mas poderá recuperá-lo se conseguir se vingar do inimigo que o derrotou. Porém, se no caminho para executar essa vingança você for novamente derrotado, seu ranking de moral será reduzido para seu nível destemor.

As lutas contra chefes, no entanto, não entram nesse conceito. Se você for derrotado em uma boss fight perderá seu ranking de moral, mas o recuperará assim que retornar para a próxima tentativa. Isso serve para garantir que você não tenha que subir novamente seu ranking, caso fique preso em um chefe específico.

Wo_long(7)

Um outro sistema primordial no combate de Wo Long: Fallen Dynasty é a barra de espírito. Com a remoção da barra de stamina, sua movimentação passou a ser mais livre e o combate se tornou mais frenético. Pular e correr não consomem espírito mas, fora isso, todas as suas outras ações são controladas por essa barra.

Causar dano aos inimigos com golpes normais e defletir ataques contribuem para subir sua barra de espírito, ao passo que defender, esquivar, sofrer dano e usá-la até a exaustão pode deixá-lo em maus lençóis. A barra de espírito também é consumida ao executar artes marciais e conjurar magias, não permitindo seu uso descontrolado.

De certa forma, o jogo funciona de maneira parecida com Sekiro: Shadows Die Twice, onde o conceito principal é controlar sua barra de espírito sempre variando entre defesa e ataque. Os inimigos também possuem sua própria barra de espírito, que quando esgotada os deixará em um estado vulnerável para sofrerem um ataque crítico.

Wo_long(4)

Esse ataque crítico é outro conceito importante em Wo Long: Fallen Dynasty. A qualquer momento os inimigos podem realizar um ataque indefensável, isso será indicado por um alerta vermelho. Se você for acertado por este ataque, receberá um grande dano e também perderá um ponto de moral. Mas caso consiga apará-lo, o inimigo sofrerá um déficit considerável em sua barra de espírito.

Dominar a habilidade de defletir esses ataques críticos é fundamental em Wo Long: Fallen Dynasty, pois a frequência com que os inimigos os usarão é razoavelmente alta. E mesmo que você consiga dominá-la, ainda haverá momentos que esse sistema se mostrará um pouco frustrante. Isso acontecerá porque você se tornará refém da aleatoriedade dos inimigos em soltarem esses ataques.

Wo_long(8)

As lutas contra alguns inimigos mais fortes e contra os chefes são frequentemente dependentes desse sistema e um pequeno vacilo pode resultar em uma morte quase instantânea. Outra situação ocorrerá em momentos onde a câmera e o travamento de alvo causarem confusão, ao mesmo tempo em que os inimigos decidirem lançar ataques indefensáveis consecutivamente. Isso tende a se agravar quando estiver enfrentando grupos maiores de inimigos e esses ataques vierem de mais de uma direção, não dando oportunidade para você se defender.

Lidar com grupos de inimigos é algo que você deve evitar em Wo Long: Fallen Dynasty. Além do já citado problema com os ataques críticos, muitos dos inimigos em Wo Long: Fallen Dynasty assumem a tática de alternar constantemente entre defesa e ataque, fazendo de cada luta um jogo de persistência. Para evitar essas situações, uma indicação é a abordagem silenciosa.

Ao se aproximar por trás ou por cima de um inimigo sem ser notado, você poderá acertá-lo com um ataque crítico. Com um layout de mapas mais vertical, e favorecido pela adição do pulo, adotar esse tipo de tática se torna muito vantajoso. Somado a isso ainda temos um sistema de detecção por parte dos inimigos que é muito ruim, fazendo do stealth um dos principais recursos em Wo Long: Fallen Dynasty.

Wo_long(3)

O design dos mapas em Wo Long: Fallen Dynasty é bom e sua ambientação representa muito bem a proposta do jogo. Mas o jogo constantemente passa a impressão de reaproveitar muito conteúdo de Nioh. O sistema de missões é praticamente o mesmo de Nioh, onde você entra em uma missão principal e avança por ela até eliminar o chefe da fase para completá-la. Após cada missão principal concluída, uma nova será adicionada e não há interligação entre os mapas. Missões secundárias também aparecerão ao longo da campanha e acontecerão em versões recicladas dos mapas principais. Os tradicionais duelos também estão presentes, onde você será desafiado por alguns dos seus aliados para uma luta de demonstração de habilidades.

Wo Long: Fallen Dynasty oferece uma enorme variedade de armas e armaduras, podendo se adequar a qualquer estilo que o jogador escolha seguir. Os ataques das armas se dividem entre básico, espiritual e artes marciais. As artes marciais são os ataques especiais de cada arma e não podem ser substituídas, portanto prestar atenção nos itens encontrados é de suma importância. As armas não possuem mais o sistema de maestria como em Nioh e nem habilidades para serem adquiridas, mas ainda têm um nível de qualidade e estatísticas que são geradas aleatoriamente. Além disso, é possível melhorar seus equipamentos e mudar algumas de suas características.

Wo_long(11)

A evolução do personagem é muito bem representada pelo sistema das cinco fases da filosofia chinesa. Os pontos de upgrade podem ser distribuídos entre as fases de madeira, fogo, terra, metal e água. Isso vai conceder alguns benefícios ao jogador, como aumento nos pontos de vida, de defesa, melhorias à barra de espírito, além de permitir o acesso às magias de cada fase. As magias também são influenciadas pelo sistema das cinco fases. Portando se você investir mais pontos em fogo, por exemplo, suas magias terão vantagens contra os inimigos que usarem o elemento metal e desvantagens contra o elemento água. O mesmo vale para as feras divinas, que em Wo Long: Fallen Dynasty, são correspondentes ao espírito guardião de Nioh.

Uma coisa que notei ao longo de minha jornada por Wo Long: Fallen Dynasty foi como a Team Ninja tentou tornar o jogo mais acessível. O sistema de aliados exemplifica muito bem isso. Ao longo da história, seus companheiros de guerra poderão ser chamados como reforços em quase todas as missões. Esses aliados concedem benefícios de forma passiva e são capazes de oferecer boa ajuda, principalmente atraindo a atenção dos inimigos. Conforme forem usados, os aliados subirão de ranking e, quando chegarem ao máximo, lhe presentearão com seus equipamentos.

Wo_long(9)

Durante as missões os aliados constantemente farão comentários sobre a história e também darão dicas sobre a localização de tesouros e dificuldade dos inimigos. Mas, mesmo que esse tipo de função se encaixe muito bem com a temática da história, com certeza é algo que pode não agradar aos jogadores que priorizam jogar este tipo de jogo sem qualquer tipo de ajuda. Para esses casos, a Team Ninja disponibilizou um item que permite dispensar os aliados das missões.

Já para os fãs de jogos cooperativos, Wo Long: Fallen Dynasty é um prato cheio, podendo ser jogado de forma quase integral com mais dois amigos através de convite. Nesse caso, o progresso sempre contará para todos os jogadores da sessão. Ainda há a opção de chamar até dois jogadores aleatórios para sua sessão, mas nessa modalidade o progresso será apenas para o anfitrião.

A grande novidade no modo multiplayer de Wo Long: Fallen Dynasty, no entanto, está na inclusão de um sistema de invasões. Muito similar aos jogos da From Software, o jogador poderá ser invadido por outros jogadores que aparecerão como inimigos. Para se livrar do jogador invasor será necessário derrotá-lo ou derrotar o inimigo que estará como líder da Bandeira de Batalha da área. Essa é uma adição que deve agradar a muitos fãs de PVP de jogos Soulslike. Já os que não forem adeptos a este tipo de função fiquem tranquilos, pois a Team Ninja deixou uma opção para desabilitá-la no menu das funções online.

Wo_long(1)

Por fim, a parte técnica de Wo Long: Fallen Dynasty merece alguns comentários. No geral, o jogo se comportou bem durante as quase 40 horas que levei para completar todas a missões. Mas, mesmo no modo performance, há quedas de frames e engasgos, especialmente em situações onde muitos efeitos estão na tela ao mesmo tempo. Em um jogo onde uma fração de segundo pode fazer diferença, isso é algo que pode não agradar aos jogadores mais exigentes.

Além disso, foram encontrados alguns erros de colisão, a maioria deles com os aliados ficando presos em elementos do cenário. Há pop-in de elementos em uma frequência razoável. E um bug onde o jogo congelou durante uma cutscene também me chamou a atenção, sendo necessário forçar o fechamento do aplicativo para solucioná-lo.

Contudo, ainda é possível afirmar que Wo Long: Fallen Dynasty é um excelente jogo. Nele, a Team Ninja conseguiu adicionar novos elementos a sua fórmula de sucesso, valorizando ainda mais as táticas de combate e de exploração. E apesar de não apresentar muitas novidades em sua estrutura além disso, o resultado final ainda é capaz de produzir ótimos momentos para os fãs do gênero, assim como conquistar novos jogadores para a franquia.

Jogo analisado no PS5 com código fornecido pela Koei Tecmo.

Veredito

Wo Long: Fallen Dynasty não tenta reinventar a fórmula de Nioh, mas consegue reunir seus principais elementos e fazer mudanças pontuais, que permitem que seja apreciado por diferentes tipos de público. E mesmo com um sistema de combate que pode parecer aleatório em alguns momentos, ainda é capaz de proporcionar uma ótima sensação ao superar seus desafios. A ambientação é excelente e sua narrativa envolvente torna o futuro dessa nova franquia bastante promissor.

90

Wo Long: Fallen Dynasty

Fabricante: Team Ninja

Plataforma: PS4 / PS5

Gênero: RPG / Ação

Distribuidora: Koei Tecmo

Lançamento: 03/03/2023

Dublado: Não

Legendado: Sim

Troféus: Sim (Inclusive Platina)

Comprar na

Veredict

Wo Long: Fallen Dynasty doesn’t try to reinvent Nioh’s formula, but manages to bring together its main elements and make specific changes, which allow it to be enjoyed by different types of audiences. And even with a combat system that may feel random at times, it’s still able to provide a great feeling when overcoming its challenges. The setting is excellent and its engaging storytelling makes the future of this new franchise very promising.