ONWIN365

Valley of the Dead: MalnaZidos – Review

Muito provavelmente você nunca ouviu falar de Malnazidos, um filme espanhol lançado em 2020. Sua história se passa na Guerra Civil espanhola, em 1938, e mostra uma pequena vila sofrendo um ataque com arma biológica. Assim como no filme, em Valley of the Dead: Malnazidos você precisará se aliar aos fascistas para sair vivo deste lugar.

Malnazidos
Se um de seus companheiros morrer, é game over. Fonte: PS5 Create

A história do jogo é basicamente a mesma contada no filme de 2020. Com o intuito de achar uma cura, os republicanos se unem aos fascistas para acabar, de alguma forma, com o ataque zumbi.

Algumas cenas de Valley of the Dead: Malnazidos lembram uma HQ, mas são bem breves e servem apenas como introdução aos capítulos. As animações in-game não são tão ruins, e os gráficos no estilo cel shading dão um charme. No entanto, da mesma forma que as cinemáticas começam do nada, também acabam repentinamente e não parecem fazer sentido dentro da história, deixando o jogador desnorteado e confuso quanto a ordem dos acontecimentos.

Malnazidos
O jogo talvez ficasse menos pior se a história fossem contada no estilo HQ, sem cenas in-game. Fonte: PS5 Create

Embora o título tenha gráficos que chamam um pouco de atenção, eles não são os melhores. O famoso “de longe te achei mais bonito” se aplica aqui. Quando a câmera se aproxima dos personagens e/ou cenários, é perceptível a forma como o design foi pobremente feito. Aqui existe uma tentativa de inspiração no que foi visto em The Walking da Telltale, mas é nítido que não conseguiram, infelizmente.

Para tentar deixar o jogo com mais cara de HQ, os desenvolvedores colocaram aquelas famosas palavras voadoras ao utilizar alguma arma. É bacana ver um “Pew, Pew” ou “Ta, Ta, Ta” em sequência, remetendo aos clássicos do estilo, mas a beleza acaba por aí, pois todo o resto é só desgosto.

Malnazidos
Embora o jogo não tenha efeitos visuais bacanas, o estúdio manteve a coerência ao deixar as “palavras voadoras” nos elementos dos cenários. Fonte: PS5 Create

Uma parte importante que compõe qualquer obra, é o gameplay, e isso não existe aqui. Jogar Valley of the Dead: Malnazidos é uma verdadeira prova de resistência. Além dos comandos serem duros, ele demora a responder, deixando você vulnerável quando os zumbis estão por perto.

Outro ponto crucial é a mira. Por algum motivo, mesmo que você esteja com ela completamente estável, algo faz com que ela se mexa e vários tiros são desperdiçados. Além disso, existe um bug que torna os inimigos intangíveis, ou seja, nenhuma bala os afeta. Para completar a bizarrice, a cabeça dos zumbis parece balões estourando com tinta vermelha dentro.

E já que mencionamos o combate contra os zumbis, devo enfatizar que o jogo tem um sistema de armas porco e sem graça. Embora seja possível carregar outras durante a aventura, você não pode ficar com ela todo o tempo. Existe um número limitado de balas, e não é possível encontrar munição. Uma vez que o clip zera, ela é descartada e tudo que te resta é uma pistola fuleira.

Malnazidos
É possível atacar os inimigos silenciosamente, porém, essa tática não é tão funcional, já que os zumbis te notam facilmente. Fonte: PS5 Create

Para manter a emoção durante a partida, o jogo traz uma trilha sonora de suspense muito boa e que realmente desperta a atenção do jogador. No entanto, Valley of the Dead: Malnazidos é tão ruim e duro, que a música não combina em nada com o que está acontecendo na tela. Para piorar, as vozes são extremamente baixas, mesmo que você configure o som ao máximo.

Se você esperava um multiplayer para passar raiva com um amigo, pode esquecer. Aqui não é possível jogar cooperativamente, mesmo que em determinado momento os seus aliados fiquem todos juntos. Inclusive, a IA desses personagens é péssima e eles servem apenas para enfeite, pois além dos tiros não fazerem efeito algum nos zumbis, eles simplesmente ignoram quando alguém pede ajuda. Em diversos momentos me deparei com um deles sendo atacado enquanto os outros apenas assistiam. Um verdadeiro horror.

Malnazidos
Infelizmente você não pode contar com a IA para te ajudar a se livrar do perrengue. Fonte: PS5 Create

Valley of the Dead: Malnazidos é extremamente curto e fácil de platinar. Em até três horas você termina a campanha principal, porém, a platina vai exigir que você se sacrifique só um pouquinho mais para obtê-la.

Uma das (poucas) coisas legais do jogo é que após o término, você consegue jogar os mesmos cenários com outros personagens, tendo assim a história do ponto de vista dos aliados. Isso traz um diferencial bacana para o jogo, mas esse detalhe não está nem perto de ser o salvador do título.

Jogo analisado no PS5 com código fornecido pela Gammera Nest.

Winz.io

Veredito

Valley of the Dead: Malnazidos é um jogo sem perspectiva, que não promete nada e entrega menos ainda. Sua jogabilidade ruim, história capada e bugs bizarros tornam a experiência uma verdadeira perda de tempo.

30

Valley of the Dead: MalnaZidos

Fabricante: Gammera Nest

Plataforma: PS4

Gênero: Ação

Distribuidora: Gammera Nest

Lançamento: 11/03/2022

Dublado: Não

Legendado: Não

Troféus: Sim (inclusive Platina)

Comprar na

Veredict

Valley of the Dead: Malnazidos is a game without perspective, which promises nothing and delivers even less. Its lousy gameplay, bad story and bizarre bugs make the experience a real waste of time.


Rui Celso
Rui Celso
Jornalista que decidiu se aventurar no mundo gamer desde o tempo em que as revistas eram a principal fonte de informação deste mundo do entretenimento. Hoje eu expandi meu universo e também faço parte do backstage deste universo atuando como Assessor de Imprensa. Só pra constar: Paper Mario é o meu jogo favorito da vida.