Tamarin – Review

Normalmente, para avaliar um jogo, costumo terminá-lo. Se possui um multiplayer, faço partidas para conferir todos os modos pelo menos algumas vezes e também verificar a conexão online. Se o jogo for curto, quem sabe até platino antes de soltar a análise. Esse é o básico. Serei franco: eu larguei mão de Tamarin.

O vídeo acima mostra basicamente o que eu consegui jogar: cerca de 30 minutos do título. E não estou exagerando: eu não faço ideia do que há depois daquele trecho. Ou seja, o jogo é horrível, mas não só isso, eu realmente não consegui avançar.

Tamarin

Vamos por partes. Tamarin passa a ideia de ser um jogo de ação e plataforma, mas boa parte do tempo você estará andando com arma e atirando nas formigas inimigas. A parte de plataforma é extremamente simples, enquanto que o tiroteio é ruim e sem sentido. É simplesmente bizarro: você pensa que será um jogo bonitinho de plataforma e, do nada, recebe uma arma para matar as formigas.

A história é simples: as formigas estão destruindo e poluindo tudo, inclusive a região em que o nosso sagui (tamarin) se encontra. O que fazer? Meter bala nelas.

Tamarin, pelas fotos e vídeos isolados, não parece um jogo ruim. Mas acredite: é. O gameplay é travado e com uma resposta ruim. Além disso, os gráficos parecem bonitos, mas são cenários que parecem ter sido pegos de “assets prontos”. A trilha sonora, por outro lado, é boa e lembra um pouco do toque dos jogos da Rare, mas logo se torna enjoativa.

Tamarin

Falando em Rare, Tamarin é basicamente uma cópia de Jet Force Gemini. Se você jogou esse título de Nintendo 64 (também disponível para Xbox One via Rare Replay), sabe o que encontrará aqui.

As formigas inimigas são idênticas, os pássaros que você deve resgatar possuem a mesma mecânica dos Tribals (você pode atirar neles acidentalmente) e, é claro, o jogo mescla elementos de plataforma e tiro. No entanto, o título da Rare, apesar de não ser um clássico como outros da companhia, era um bom game. Tamarin não é, nem de longe.

Tamarin

Anteriormente, disse que não consegui avançar. Vou ser direto ao ponto e explicar o que ocorreu: se você ver o fim do vídeo acima, notará que o jogo travou com a tela azul do PS4. Como eu fiz algo que talvez não fosse natural (voltar para uma região que você acabou de sair), pensei que fosse um travamento específico. Deixei o título de lado e esperei por um patch.

Alguns foram lançados e voltei para o game. O jogo continuava travando no mesmo ponto, mas decidi avançar. Ao sair da caverna em que me encontrava, o jogo travou. Sim, eu não podia nem voltar e nem avançar – o game travava de qualquer jeito.

“Ok, quem sabe no PS5?”. Mesma coisa. Solução? Começar de novo. Beleza, foram poucos minutos, quem sabe o jogo vai agora. Não foi. Travou no mesmo lugar de novo. E dessa vez eu não tinha voltado para causar o primeiro travamento. “Ok, uma terceira e última vez!”. O jogo travou em outro lugar antes mesmo de eu chegar nesse ponto e não consegui avançar além disso.

Resultado? Xinguei e deletei o jogo.

Jogo analisado no PS4 Pro e PS5 com código fornecido pela Chameleon Games.

cassino online Netbet

Veredito

Tamarin é decepcionante. Com um gameplay péssimo e basicamente impedido de progredir por travamentos constantes, há um momento em que você simplesmente desiste de um jogo.

30

Tamarin

Fabricante: Chameleon Games

Plataforma: PS4

Gênero: Ação / Plataforma / Tiro em Terceira Pessoa

Distribuidora: Chameleon Games

Lançamento: 10/09/2020

Dublado: Não

Legendado: Sim

Troféus: Sim (inclusive Platina)

Comprar na

Veredict

Tamarin is disappointing. Bad gameplay and prevented from progressing by constant crashes, there is a moment when you simply give up on a game.