Rune Factory 4 Special – Review

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Rune Factory 4 Special é o remaster do jogo de Nintendo 3DS, Rune Factory 4, lançado em 2013 no Ocidente. O lançamento de Rune Factory 4 Special para PlayStation 4 marca a segunda vez que a franquia aparece nas plataformas PlayStation, a primeira vez sendo Rune Factory: Tides of Destiny para o PlayStation 3 em 2011.

Rune Factory 4 Special conta a história do protagonista, que pode ser um garoto ou uma garota, que durante uma viagem para a região de Selphia, é atacado por homens vestidos de soldados. Durante a batalha, o protagonista recebe um golpe na cabeça e perde todas as suas memórias, exceto pelo seu nome. Como os soldados não acreditam nessa história, ameaçam o protagonista à beira da aeronave, porém com descuido de um deles, acaba arremessando o protagonista para fora.

Por um golpe do destino, o protagonista aterrissa em cima do Dragão Nativo da região, Ventuswill. Após uma conversa com Ventus e seu leal mordomo, Volkanon, eles chegam à conclusão de que o protagonista era o príncipe que havia sido enviado pelo reino para cuidar da região de Selphia, e o recebem de braços abertos até que o protagonista recupere todas as suas memórias.

Clorica, outra garota que trabalha no castelo da cidade, diz ao protagonista no dia seguinte que, quem não trabalha, não come. Então o jogador é apresentado ao aspecto de simulação de plantio e cultivo do jogo, parte da fama da franquia, que é “irmã” de Story of Seasons, cuidando de um lote de terra atrás de seus aposentos, para aprender todos os passos do cultivo de frutas, vegetais e até mesmo flores.

Logo em seguida, todos descobrem que o protagonista não é o dito príncipe, quando o real príncipe, Arthur, surge no castelo, se apresentando à Ventuswill e seus auxiliares. Com a gentileza do príncipe verdadeiro, o protagonista continua morando no castelo, assumindo todas as responsabilidades de realeza, administrando as ordens na cidade, para o seu crescimento e fomento do comércio. Aparece então o segundo aspecto do jogo, de atender aos pedidos da população e desenvolvimento de ações para ajudar a cidade.

Ao desbravar a região fora da cidade, então é apresentado o terceiro aspecto do jogo, o combate como RPG de ação. Inicialmente, o combate do jogo começa bem simples, usando a espada que lhe é oferecida, atacando monstros pouco hostis, se familiarizando com os comandos, até que se começa a exploração da primeira real “dungeon” do jogo, a Floresta de Yokmir.

Daquele ponto em frente, a história do jogo começa a engatar, com uma surpresa logo após o primeiro boss do jogo ao final da Floresta de Yokmir. O jogador então começa a desvendar os mistérios da região, dos chefes ao final de cada dungeon, e até mesmo sobre o passado do Dragão Nativo de Selphia, Ventuswill. Quando você pensa que terminou o jogo após alcançar os créditos, chega a surpresa de que o jogo está longe de acabar.

Rune Factory 4 Special é dividido em três arcos de história, caso o jogador decida seguir com a história por trás do reino de Selphia e dos moradores da cidade. Digo isso porque o jogo reúne vários gêneros em um, possibilitando que o jogador explore apenas um “gênero”, ou vários ao mesmo tempo.

Com a profundidade que o jogo oferece, é possível que o jogador foque especialmente nas mecânicas de plantio e cultivo, ou em expandir a região com diferentes festivais toda semana, atendendo aos pedidos dos moradores, ou em cortejar esses mesmos moradores, oferecendo presentes e saindo em encontros românticos com eles, ou ainda esquecer de tudo isso e focar nos calabouços, que oferecem um bom desafio até para jogadores experientes em jogos do gênero.

Essa pluralidade em Rune Factory 4 Special ajuda em muito a deixar o jogo sempre fresco e interessante, sempre há algo novo e diferente a ser feito ao longo dos dias no jogo, sem que a rotina fique chata ou repetitiva. Há algo excitante a ser feito e explorado para todos os jogadores, do começo ao fim.

O jogo também oferece os modos “Newlywed Mode” e “Another Episode”. O modo de recém-casados permite que o jogador, após se casar com algum personagem no modo principal, possa assistir algumas cenas novas do casal, que duram quase uma hora cada. O segundo modo também é parecido, cenas com os parceiros românticos, com artes e diálogos exclusivos para esse modo, porém esse já está habilitado mesmo sem se casar no modo principal.

A arte do jogo e o visual em geral era algo que me preocupava, já que é uma espécie de remaster de um jogo de 3DS. Dito isso, o jogo se saiu bem nesse pulo de plataformas, ficando muito bonito mesmo ampliado na tela da televisão, inclusive dando um ar nostálgico da época de RPGs de PlayStation 2, para quem curtia jogos dessa geração.

A trilha sonora do jogo também não é algo que fuja muito dessa vibe de RPGs japoneses, com algumas faixas que grudam depois de algum tempo explorando a região de Selphia. O jogo também conta com dublagem em inglês e japonês, porém são poucas falas dubladas e a maior parte do diálogo é acompanhado de sinais sonoros pontuais.

Rune Factory 4 Special talvez seja um dos RPGs mais completos dos últimos tempos, dentro dos jogos que propõem mais aos jogadores do que apenas combate ou história. Ao mesmo tempo que é possível encarar apenas um dos seus aspectos, para jogadores que não curtem ou não estão a fim, a junção de todos os seus modos fazem com que Rune Factory 4 Special seja completo e uma ótima recomendação para quase todos jogadores.

Jogo analisado no PS5 com código fornecido pela XSEED Games.

Veredito

Rune Factory 4 Special traz algo especial para vários tipos de jogadores, se tornando uma fácil recomendação para fãs de jogos de plantio e cultivo, RPGs de ação, ou mesmo de relações de romance.

85
Rune Factory 4 Special
Fabricante: Neverland
Plataforma: PS4
Gênero: Simulação / RPG de Ação
Distribuidora: XSEED Games
Lançamento: 07/12/2021
Dublado: Não
Legendado: Não
Troféus: Sim (inclusive Platina)
Comprar na

Rune Factory 4 Special brings something special to lots of players, being an easy recommendation to fans of farming games, action RPGs or even romance titles.