Rhythm Sprout – Review

Para fãs de jogos de ritmo, o atual mercado tem uma ampla oferta de jogos, principalmente se você considerar, também, jogos lançados em celulares. Consequentemente, cada título deve possuir alguma característica para se destacar dos demais, especialmente em um gênero que as diferenças entre um péssimo jogo e um excelente são minutas. A proposta de Rhythm Sprout é fornecer um título de ritmo aliado a uma aventura com humor escrachado.

O jogador acompanha a aventura de Broto, uma cebolinha com visual de cavaleiro, para derrotar o Rei do país dos doces, nação inimiga da que Broto serve. Humor de qualidade é algo difícil de ser executado e que também varia bastante para cada pessoa, mas o diálogo “cômico” de Rhythm Sprout é, largamente, terrível. Muitas piadas abusam de um vocabulário de insultos infantis, memes e referências ou situações absurdas cuja conclusão da piada é facilmente prevista. A história serve como um pano de fundo simplesmente e, felizmente, boa parte de suas cenas também é extremamente breve. 

A jogabilidade de Rhythm Sprout é bastante simples e com algumas ideias interessantes. Notas vermelhas correspondem a qualquer dos botões frontais do lado direito do controle. Notas amarelas correspondem a qualquer dos botões frontais do lado esquerdo. Notas azuis correspondem ao R1 ou L1 e notas escuras devem ser ignoradas, caso contrário, trazem uma penalidade visual durante a música. O R2-L2 traz um modo que torna Broto mais rápido e qualquer botão pode ser apertado para contar como acerto, mas só pode ser utilizado uma única vez em cada estágio. São mecânicas que funcionam e são divertidas, mas que faltam um polimento quanto a diversos detalhes.

Primeiramente, não é possível alterar a configuração de controles, uma característica bastante básica e necessária no gênero. Em minha experiência, isso se tornou problemático em músicas com ritmo mais acelerado, pois é bastante difícil acompanhar um ritmo rápido com uma única mão ao invés de alternar entre as duas. As músicas são compostas por pequenos loops menores durante um estágio ao invés de uma melodia única. É uma composição interessante e com alguns loops bastante cativantes, no entanto, faltou um modo para praticar esses loops menores de forma individual, especialmente considerando que algumas músicas/estágios são particularmente muito longos. Os charts de comando são especialmente bem feitos e fazem com que seguir o ritmo seja bem natural. 

Sendo uma aventura, Broto se movimenta conforme os acertos do jogador e recua nos erros. A câmera se movimenta junto com os passos de Broto e também afeta o posicionamento visual das notas. É inconveniente ter a câmera avançando e retornando bruscamente fazendo com que seja bem difícil ter sessões longas no jogo sem se incomodar com a movimentação. É particularmente agravante quando muitas notas acontecem em sequência e Broto se movimenta de maneira muito rápida, tornando a experiência visual difícil de ser acompanhada. Broto também luta contra alguns inimigos em sua jornada e, nesses momentos, a câmera fica estática independente dos acertos ou erros e são partes muito mais agradáveis de se jogar. 

Um dos maiores deméritos acontece quando o jogador sofre um ataque por errar uma nota azul que acarreta consigo uma penalidade de vida. Errar essa nota faz com que Broto execute uma animação que impede registrar um novo comando e, em músicas de ritmo acelerado, faz com que o jogador perca sequências de notas e que seja muito mais difícil retornar ao ritmo correto. Broto tem uma quantidade limitada de vida e errar muitas dessas faz com que se falhe na música Acertar notas escutas ainda trazem um pequeno efeito visual que obscurece as notas seguintes, dificultando ainda mais o andamento da música além da punição de pontos por erro. 

Essas pequenas reclamações são pivotais em um jogo de ritmo, pois a experiência de Rhythm Sprout pode passar de algo extremamente divertido para algo extremamente frustrante devido a um único erro de comando pelo jogador. O título conta com cerca de 30 músicas diferentes e diversos modificadores para aumentar a longevidade e, considerando seu preço sugerido, é um ótimo número. 

Jogo analisado no PS5 com código fornecido pela tinyBuild. 

cassino online Netbet

Veredito

Rhythm Sprout é um jogo divertido, mas que carece de polimento em pontos importantes de sua experiência. É um título que, certamente, trouxe alguma diversão e batidas cativantes durante a aventura. É recomendado para aqueles que buscam um jogo de ritmo simples para se ocupar por algumas poucas horas.

65

Rhythm Sprout: Sick Beats & Bad Sweets

Fabricante: SURT

Plataforma: PS4 / PS5

Gênero: Ritmo

Distribuidora: tinyBuild Games

Lançamento: 01/02/2023

Dublado: Não

Legendado: Sim

Troféus: Sim (inclusive Platina)

Comprar na

Veredict

Rhythm Sprout is a fun game, but it lacks polish in important points of its experience. It’s a title that certainly brought some fun and catchy beats during the adventure. It’s recommended for those looking for a simple rhythm game to occupy themselves for a few hours.