Murder Mystery Machine – Review

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Quando li sobre o anúncio de Murder Mystery Machine, fiquei bastante animado e interessado no título. Eu, como amante do gênero policial, não podia deixar de conferir o que prometia ser um jogo incrível. Agora, após o lançamento em 25 de agosto, você também pode aproveitá-lo — e eu de fato recomendo que o faça.

Murder Mystery Machine

Como já dito acima, Murder Mystery Machine é um jogo de investigação policial, onde os dois personagens principais vão se deparar com mistérios a respeito de um político, de um detetive particular, entre diversas outras pessoas. Desenvolvido pela Blazing Griffin e publicado pela Microids, o game possui gráficos no melhor estilo Arcade e uma atmosfera Noir, além de surpreender positivamente ao entregar uma experiência que te leva ao passado e te faz lembrar daqueles misteriosos filmes antigos de assassinato, com a música e os efeitos sonoros ajudando bastante nesse quesito.

Vamos à história: Cassandra Clarke é uma cadete cujo excelente desempenho fez com que fosse um dos melhores graduandos e lhe conferiu sua primeira posição no departamento de polícia: detetive júnior no Departamento de Criminologia Avançada. Lá ela é parceira de Nathaniel Huston, um detetive de poucos amigos com quem vai dividir o porão da central de polícia.

Murder Mystery Machine

O primeiro caso que a dupla de Murder Mystery Machine investiga é a morte do político Frank Daniels em sua própria casa. Na cena do crime aprendemos a usar a câmera do jogo, que se mostra extremamente necessária, já que algumas evidências podem ser encontradas apenas de certos ângulos. Aprendemos também a fazer conexões para liberar novos diálogos e consequentemente descobrimos a arma deste primeiro crime, para em seguida ir para outros lugares em busca de novas pistas e novos suspeitos.

Muitas vezes a resolução do caso é óbvia, mas não dá para simplesmente selecionar o que parece certo apenas seguindo sua intuição. Digo, até dá, mas sua avaliação e seu ranque dependem da sua capacidade de fazer deduções corretas através de conexões plausíveis. Contudo, em algumas situações de fato não dá, pois pra chegar a determinadas evidências — como um suspeito, ou uma arma do crime, entre outros — é preciso encontrar novas pistas e fazer novas conexões que levem ao necessário para a resolução do caso (sempre fica escrito na parte de baixo da tela o que é esperado de você em cada cena), então pode ser que a escolha certa ainda não esteja disponível.

A riqueza de detalhes (alguns aparentemente óbvios, até) e a forma como você pode fazer suas próprias conexões no mural de investigação fazem que com que a experiência seja bastante imersiva. O único problema é o tamanho das letrinhas algumas vezes. Em Murder Mystery Machine, para ser capaz de ler tudo sem forçar a vista e ficar com dor de cabeça depois, você precisa dar zoom no seu mural, o que pode ser temporariamente prejudicial por te impedir de ver o mural por inteiro. Durante o jogo, isso me deixava meio confuso e meio lerdo às vezes.

Um ponto positivo é que você pode mudar tudo de posição no mural, arrastando as pistas pra lugares onde seja mais fácil não só de fazer as conexões, mas principalmente de entendê-las posteriormente. Nesse quesito, o jogo de dá liberdade com suas ferramentas, e cada player pode organizar sua investigação como achar melhor. Além disso, caso sua investigação fique travada, é possível pressionar triângulo para receber dicas de conexão no mural. Contudo, é bom evitar fazer isso, já que cada dica solicitada prejudica sua avaliação de detetive no final.

Murder Mystery Machine

Conforme você avançar em Murder Mystery Machine, vai perceber que alguns lugares, e até mesmo diversos personagens, aparecer de novo na trama. Isto porque, no início, o que parecem ser casos independentes, do meio pro final da história demonstram ter algum tipo de ligação. Seria coincidência, ou talvez algum tipo de conspiração? Será que existe algo que conecta cada morte do jogo? Para facilitar seu raciocínio, evite demorar muito entre um episódio e outro, já que vai ser bastante interessante para sua investigação ter os mínimos detalhes frescos na memória.

Outro motivo para isso é que, ao final de cada episódio, você vai se deparar com uma decisão moral que precisa tomar. Não são escolhas fáceis, e como Nate frisa algumas vezes durante o jogo, não existe um lado certo e um errado, mas cada um traz consigo consequências, boas ou ruins, e elas podem te perseguir no futuro. Na sua avaliação de detetive ao final da última cena de cada episódio, inclusive, além dos números ao qual já estamos acostumados, aparece também a decisão que você tomou, te lembrando que consequências virão.

Os troféus de Murder Mystery Machine são relativamente simples de conseguir, ou pelo menos alguns deles. Você recebe um para cada episódio completo, assim como o tutorial do início do jogo. Porém, há também troféus para cada episódio perfeito, o que significa que é preciso receber ranque de detetive A+, o que não é tão simples assim. Por fim, você ganha troféus também se conseguir desbloquear todos os trajes tanto da Sandra quando do Nate.

Murder Mystery Machine_20210903124034

Falando nisso, existem quatro skins para cada um dos dois personagens. A primeira é a básica, o uniforme policial azul, que já vem liberado. Já para os outros você vai precisar fazer certas coisas para desbloqueá-los, algumas delas bem simples — como por exemplo tomar café no porão dez vezes — e algumas mais complicadas, estas relacionadas ao ranque e à sua capacidade de localizar os dez itens secretos escondidos no jogo, um para cada episódio.

O que a princípio me incomodou foi o fato de cada usuário da PSN só ter direito a um jogo em andamento, o que te impossibilita ter outros saves para completar essas missões. Todavia, fiquei mais tranquilo ao descobrir que, após finalizar a história completa do jogo, é possível retornar a cada episódio e jogá-lo novamente, sendo então possível localizar qualquer item que você tenha deixado pra trás e até mesmo conseguir o tão almejado ranque A+ necessário tanto para os troféus quanto para as roupinhas.

Murder Mystery Machine

Uma última coisa que precisa ser ressaltada é que, apesar de Murder Mystery Machine possuir legendas em Português do Brasil, alguns diálogos do último episódios permaneceram em inglês. Como é algo definitivamente fácil de ser resolvido, acredito que em muito em breve devem implementar o resto das legendas no nosso idioma em uma futura atualização.

Jogo analisado no PS4 padrão com código fornecido pela Microids.

Veredito

Murder Mystery Machine faz um belo trabalho no que se propõe, especialmente em relação à ambientação. Não é um jogo difícil, porém exige certa habilidade investigativa (e dedutiva) para conseguir uma performance perfeita, o que o torna desafiador no nível certo. Suas falhas podem ser facilmente consertadas, sua história interessante entretém, e as horas gastas em frente à TV vão parecer apenas alguns minutos. Recomendo!

90
Murder Mystery Machine
Fabricante: Blazing Griffin
Plataforma: PS4
Gênero: Aventura / Arcade / Puzzle
Distribuidora: Microids
Lançamento: 25/08/2021
Dublado: Não
Legendado: Sim
Troféus: Sim (inclusive Platina)
Comprar na

Murder Mystery Machine does a pretty good job of what it sets out to do, especially when it comes to the setting. It’s not a difficult game, but it does require some investigative (and deductive) skills to get a perfect performance, which makes it challenging at the right level. Its flaws can be easily fixed, its interesting story is entertaining, and the hours spent in front of the TV will seem like just a few minutes. I totally recommend it!

Bruno Ribeiro

Bruno Ribeiro

Jornalista por formação, professor de inglês por ocupação (e por amor), e escritor já há mais de 20 anos, mas que só agora tomou vergonha na cara e resolveu se dedicar mais a essa área, publicando alguns trabalhos e escrevendo sobre jogos, uma de suas grandes paixões.