Mooncrash (Prey)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Ano passado, Prey se tornou uma daquelas gratas surpresas que acontecem de vez em quando. Um reboot completo de uma franquia no limbo que trazia consigo mecânicas inteligentes e uma ambientação interessante, com a estação espacial Talos 1 infestada de criaturas. Agora, a desenvolvedora Arkane expande a mitologia e as possibilidades de gameplay com o DLC Mooncrash.

No novo pacote de conteúdo, o jogador é Peter, um hacker que monitora a base lunar Transtar. Vendo que há alguma coisa de errada nela, ele precisa rodar 5 simulações de sobreviventes do local, para descobrir o motivo da infestação de criaturas, além de sair do local vivo, usando diversas formas de fuga de emergência.

Ao contrário do game principal, a história não é o ponto forte do novo modo. Ao contrário, é o sistema de controlar os 5 sobreviventes, cada um com um build diferente de habilidades e equipamentos, e sobreviver até conseguir escapar da estação lunar.

Cada um tem pontos fortes e fracos; um sobrevivente pode ter a ênfase em habilidades psíquicas, enquanto outro tem armas mais fortes. E o jogador deverá se acostumar a todos os estilos para conseguir desbloquear todos e cumprir todos os objetivos.

E não é só aprender a usar as builds diferentes de cada personagem, mas sobreviver o suficiente para escapar. E se morrer, o personagem perde todo o equipamento e precisa reiniciar a simulação, com novas posições de cenários intermediários e inimigos.

Há um twist nesse sistema todo: outro sobrevivente pode pegar o equipamento, em um tempo limite, e continuar o jogo com a mesma estrutura de cenários e posições de inimigos.

A atmosfera do título continua sendo um dos catalisadores para a imersão, com a tensão constante do jogador em sobreviver e ainda assim deixar recursos o suficiente para o próximo personagem escapar com vida.

É essa curiosa dinâmica entre os 5 personagens e o looping no estilo roguelike de recomeçar tudo após morrer que aprimora o tenso gameplay do jogo original.

A história é mais contada pelos ambientes do que por exposição com diálogos, entregando algumas boas reviravoltas, mas nada de extraordinário. Há diversos objetivos a serem realizados e o jogador deve esperar gastar umas boas horas até completar todos.

O arsenal do jogador e as habilidades psíquicas são quase as mesmas do original. Mas as novas situações vão fazer os jogadores repensarem o uso de certas armas e habilidades.

Veredito

Prey: Mooncrash é um DLC que expande e melhora diversos elementos do jogo original, focando em um gameplay roguelike de sobrevivência e de furtividade. Para quem gostou da experiência de Prey, sem dúvida vai ter muitas horas de conteúdo em Mooncrash.

DLC analisado com código fornecido pela Bethesda.

 

Veredito

80

Fabricante:
Plataforma:
Gênero:
Distribuidora:
Lançamento:
Dublado:
Legendado:
Troféus:
Comprar na

Prey: Mooncrash is a DLC that expands and enhances several elements of the original game, focusing on a roguelike gameplay of survival and stealth.