FORECLOSED – Review

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Ambientando em mundo futurista onde as informações trafega por chips implantados na cabeça das pessoas, a proposta de Foreclosed é trazer um jogo de tiro e ação em terceira pessoa que retrata a realidade da hierarquia dos poderes e das informações que circulam sem segurança. Muito semelhante à proposta de Cyberpunk, é possível dizer que o game é uma versão minimalista do título da CD Projekt Red, mas que explora os mesmos conceitos nesse que seria uma versão indie de uma ideia de caráter cibernético.

Ao acordar em seu apartamento com uma mensagem judicial alertando sobre uma falha no seu implante identitário, Evan Kapnos não sabia que uma audiência jurídica se tornaria uma luta pela sobrevivência contra o governo de estado que vem executando experimentos para gerar lucros. De alguma, forma Kapnos está envolvido em um esquema muito maior de intrigas e perseguição e precisará usar da inteligência e de todos os atributos tecnológicos se quiser saber as respostas sobre o que está acontecendo. No entanto, ele contará com pouca ajuda e muitos inimigos decididos a eliminá-lo para que os verdadeiros nomes por trás dos esquemas não sejam revelados.

FORECLOSED

Foreclosed é um jogo bem executado em seu próprio estilo e busca aproveitar o melhor do segmento das campanhas de ação e tiro construindo uma narrativa interessante que vai agradar aos jogadores que apreciam jogos que vão além do segmento indie. Isso porque, o game traz os recursos básicos de game design, jogabilidade e trilha sonora caprichados que permitem que a experiência seja autêntica e satisfatória com poucos deslizes.

Ao iniciar o jogo, a identidade visual pensada pelo estúdio é facilmente percebida já que toda a história herda os visuais dos quadrinhos com muita competência indo desde a mudança de ponto de vista, para causar o efeito de movimentar os olhos pelas tirinhas, até a forma como os textos e as onomatopeias são inseridas nas cenas para manter o visual mais marcante desse tipo de arte. A paleta de cores é condizente com os ambientes por onde Kapnos passa e assume um tom de sombras que contrasta com cores quentes como o vermelho e amarelo ao mesmo tempo que preza pelos tons de roxo que marcam de certa forma a identidade do protagonista. A construção dos personagens que aparecem ao longo da campanha não fica atrás e possuem particularidades como nas páginas de um quadrinho imprimindo suas personalidades pelas roupas, pelo rosto e também pela dublagem. Todo esse visual peculiar de Foreclosed é bem executado e mostra um cuidado especial que a Antab Studios e a Merge Games tiveram para entregar uma experiência de jogo que fosse autêntica e inspiradora para os jogadores, visto que o apelo aos quadrinhos é uma boa estratégia para se diferenciar de outros jogos indies lançados no mercado.

FORECLOSED

Junto com os fatores gráficos, a experiência de jogo é completada com os controles que apresentam uma configuração e arquitetura muito próximas a grandes jogos proporcionado uma configuração que permite uma organização e execução de forma rápida e com fácil aprendizado. Arranjar os slots de armas e fazer os respectivos upgrades é feito com o apertar de poucos botões e muitas ferramentas de auxílio para campanha vão sendo liberadas com os pontos de experiência. Entre as técnicas disponibilizadas estão o hackeamento de sistemas, o aquecimento dos implantes dos inimigos e uma série de outras funcionalidades que são divertidas de serem usadas e ajudam no progresso da história. Movimentar o personagem e executar os comandos é uma tarefa que acontece de forma fluida e não atrapalha o andamento do jogo, pois a facilidade para organizar e proceder com a ação é dos pontos fortes de Foreclosed.

FORECLOSED

Entretanto, por ser um jogo de tiro em terceira pessoa com campo fechado, atirar e eliminar inimigos é um dos pontos menos empolgantes visto que os combates não acontecem com a imersão desejada. Isso acontece pelo fato de que a jogabilidade, apesar de intuitiva, não é convincente na hora de sentir a precisão dos tiros parecendo que as balas de Kapnos estão acertando alvos de papel mesmo quando a dificuldade aumenta desafiando o jogador a traçar estratégias. Além disso, não há variação do arsenal de armas e os upgrades para a pistola do personagem principal são poucos perceptíveis. Como resultado, outras características do game como a exploração quase linear a e a narrativa acabam por se destacar mais que os momentos de ação.

Em contrapartida, as ações previstas nas capacidades de Kapnos são interessantes e garantem a diversão ao longo da campanha. Poderes de telecinese pode atingir alvos a distância e pequenos puzzles podem ser encontrados para ampliar a dinâmica do jogo fazendo com que parar em uma sala para enfrentar os guardas acabe se tornando a tarefa mais tediosa do jogo. Mesmo com esse deslize me relação à ação de tiro em terceira pessoa que não funciona de forma empolgante, todos os outros fatores de Foreclosed compensam as partidas e funcionam adequadamente para contar a história compensando o investimento em um título indie. Vale destacar ainda que o jogo não é um conjunto de sequências explosivas que vai fazer os jogadores sentirem fortes emoções e entrar em um estado de adrenalina pura, mas é o suficiente para promover uma experiência satisfatória ao enfrentar uma organização federal corrupta e que corrompe as pessoas em troca de informações valiosas.

Jogo analisado no PS4 Pro com código fornecido pela Merge Games.

Veredito

Foreclosed é um bom jogo de tiro e ação em terceira pessoa com recursos interessantes de jogabilidade, campanha e visual único. Acompanhar Kapnos pelas ruas de uma cidade futurística é uma tarefa interessante que só não é completa pela ausência de combates mais frenéticos e emocionantes. No entanto, os elementos de exploração e uma temática cibernética colaboram para que o jogo seja consistente e tenha uma identidade que vai agradar vários tipos de jogadores.

75
Foreclosed
Fabricante: Antab Studio
Plataforma: PS4
Gênero: Ação / Tiro em Terceira Pessoa
Distribuidora: Merge Games
Lançamento: 12/08/2121
Dublado: Não
Legendado: Sim
Troféus: Sim (inclusive Platina)
Comprar na

Foreclosed is a good third person action shooter with cool gameplay features, campaign and an unique look. Accompanying Kapnos through the streets of a futuristic city is an interesting task that is not perfect because of the absence of more frenetic and exciting combat. However, the exploration elements and a cybernetic theme collaborate so that the game is consistent and has an identity that will please various types of players.

Renan Gaudencio Vale

Renan Gaudencio Vale

Linguista, publicitário professor, tradutor nas horas vagas e acima de tudo um gamer dedicado. Como fã da cultura pop e geek, acredito que os jogos eletrônicos sejam mais que diversão e sim uma representação muito particular no mundo. Jogador há quase 30 anos, entendo o vídeo game como uma experiência única que envolve narrativas profundas, personagens encantadores e um ligação pessoal que constrói um elo único com a emoção. Aprecio os grandes títulos e franquias famosas, mas nos últimos tempos, tenho me dedicado aos jogos indies com muito entusiasmo.