Análise – Hollow Knight: Voidheart Edition

Devido ao enorme sucesso da série Dark Souls, é perfeitamente normal que inúmeros títulos tentassem replicar sua fórmula, como The Surge e Ni-Oh. Tais jogos são pontos fora da curva, uma vez que nem todo título inspirado na consagrada série, consegue alcançar a visibilidade desejada por seus criadores e acaba caindo facilmente no esquecimento. Apesar do risco, a Team Cherry lançou Hollow Knight, um simpático jogo 2D de plataforma  ao estilo metroidvânia, que superou todas as minhas expectativas.

Em um mundo tomado por insetos, aracnídeos e outros artrópodes, uma grave infecção começou a se espalhar afetando para sempre a ordem natural das coisas. Aqueles acometidos pela doença,tiveram suas mentes tomadas por uma raiva e selvageria de tal tamanho, que começaram a atacar qualquer ser vivo que encontrassem por perto. Eventualmente a sociedade construída acabou sucumbindo ao caos, restando apenas as ruínas daquilo que uma vez já foi um próspero local. Os poucos seres que restaram, já não são mais tão confiáveis como antes, e fazem de tudo para garantir a sua sobrevivência. Cabe a um pequeno e destemido cavaleiro por um fim a essa realidade cruel e equilibrar a balança novamente.

 width=

Como pôde ser observado no último parágrafo, a narrativa em Hollow Knight possui diversos paralelos ao que é visto na série Souls, entretanto, isto é algo perceptível de maneira superficial. O roteiro possui uma profundidade gigantesca, e consegue se manter original ao mesmo tempo que captura com perfeição a essência de sua fonte de inspiração. A história não é contada de forma linear e clara, sendo em grande parte subjetiva, exigindo que o jogador busque detalhes com NPC’s, itens e até mesmo elementos do cenário para obter uma melhor interpretação.

O carisma presente nos personagens secundários é outro aspecto que deve ser levado em consideração ao analisar-se o enredo. Eles são muito bem desenvolvidos e, como em Dark Souls, podem afetados diretamente pelas ações do jogador no decorrer do jogo, o que pode levar à múltiplos finais em alguns casos. Apesar da situação de seu mundo, os npc’s sempre agem com um bom humor acompanhado de suas falas e, em certas ocasiões, oferecerão missões paralelas com recompensas valiosas. O trabalho de localização também fez um excelente trabalho na tradução de Hollow Knight, que se encontra totalmente em Português do Brasil.

 width=

No controle de Hollow Knight, a princípio, somos capazes de realizar ações básicas como andar, saltar e atacar. Entretanto, como um bom e velho metroidvânia, novas ações são disponibilizadas conforme se progride no jogo, o que permite o acesso à novas áreas anteriormente inacessíveis. A vitalidade do personagem por sua vez, é exibida através de pequenas máscaras, localizadas no canto superior esquerdo da tela, que se quebrarão caso algum dano seja levado.

O pequeno herói também é capaz de realizar magias defensivas ou ofensivas que consomem alma, energia que é armazenada em um pequeno recipiente circular próximo à vitalidade. Conforme se realizam ataques bem sucedidos contra inimigos, a esfera será preenchida de energia, esta que pode ser utilizada posteriormente para curar o personagem. Essa mecânica acaba por recompensar posturas mais agressivas, contribuindo positivamente na dinâmica dos combates.

 width=

Uma outra característica bastante importante presente no jogo são os amuletos, que podem ser obtidos via exploração de cenário ou através de comerciantes. Ao equipá-los, o jogador poderá receber algum bônus ou efeito específico, como aumento do dano de ataque por exemplo. Uma boa combinação de amuletos pode criar efeitos interessantes e,a partir disto, cada jogador pode montar uma build que se adeque a seu estilo de jogo. Cada amuleto consome uma certa quantidade de encaixes, estes que podem ser expandidos até certo número.

A morte dentro do jogo tem um forte significado e, assim como em Dark Souls, ela traz algumas penalidades ao jogador. Ao morrer, qualquer dinheiro que esteja sendo carregado é perdido e a barra de alma sofrerá uma redução de 30%. Para recuperar-se desta situação é necessário que o jogador derrote uma sombra que se materializará no local de sua morte, semelhante ao que é visto em Nier: Automata.

 width=

A dificuldade do jogo é extremamente elevada, seja por conta dos inimigos presentes no jogo, ou pelos obstáculos no mapa. Este último, é gigantesco, e sua total exploração pode levar de 30 à 40 horas, número esse que pode variar de acordo com o nível de aptidão de cada um. O level design é incrível, e cada nova região explora à exaustão as habilidades obtidas ao longo do jogo pelo jogador.

A variedade de inimigos em Hollow Knight é algo realmente impressionante. Existem mais de 140 tipos(incluindo cerca de 42 chefes), cada um com seus próprios ataques e peculiaridades que, quando combinados, exigem múltiplas abordagens para serem derrotados. Os embates contra chefes por sua vez, são incríveis e bem projetados e certamente serão um bom desafio para os fãs de longa data de Dark Souls.

 width=

Hollow Knight conta com uma das melhores direções de arte já vistas em um jogo independente até então. Os visuais, que foram completamente desenhados à mão, são tão belos e recheados de detalhes que, em diversos momentos, parece que estamos jogando uma obra de arte animada. A ambientação é repleta de todo tipo de bioma, com destaque para as suas florestas e pântanos, e em momento algum se torna cansativa. O design dos NPC’s e inimigos, além de possuírem uma animação primorosa, conseguem incorporar magistralmente as características dos seres em que foram inspirados.

A trilha sonora inclui lindas composições orquestrais, que traduzem muito bem o sentimento presente dentro de cada uma das áreas do jogo. O destaque, como de costume no gênero, se encontra nos temas tocados durante os combates contra chefes. Durante tais momentos, é impossível não comparar o tom épico da melodia com aquele que encontramos nos jogos da série Dark Souls. Da mesma forma, os efeitos sonoros mantém este padrão de qualidade e elevam a imersão ao máximo, principalmente para quem utiliza headset’s com áudio 7.1.

Uma pequena observação precisa ser feita a respeito da performance de Hollow Knight: em certas ocasiões, principalmente quando nosso personagem morria, o jogo apresentou sérios travamentos, que em certo ponto  corromperam todo o progresso obtido até então. Um patch de atualização foi lançado para resolver o problema, mas ele ainda persiste, por isso é recomendável a utilização de backups na nuvem para evitar frustrações.

Jogo analisado no PS4 padrão com código fornecido pela Team Cherry

cassino online Netbet

Veredito

Hollow Knight: Voidheart Edition é, sem sombra de dúvidas, um dos melhores jogos inspirados na franquia Dark Souls. Sua desenvolvedora conseguiu captar perfeitamente a essência da tão famosa série ao entregar uma obra com uma narrativa profunda, gameplay divertido e fantásticos visuais. Sua enorme quantidade de conteúdo certamente roubará muitas horas daqueles que desejam aventurar-se por seu universo repleto de segredos.

95

Hollow Knight: Voidheart Edition

Fabricante: Team Cherry

Plataforma: PS4

Gênero: Plataforma / Aventura

Distribuidora: Team Cherry

Lançamento: 25/09/2018

Dublado: Não

Legendado: Sim

Troféus: Sim (inclusive Platina)

Comprar na

Veredict

Hollow Knight: Voidheart Edition is undoubtedly one of the best games inspired by the Dark Souls franchise. Its developer was able to perfectly capture the essence of the so famous series by delivering a work with a deep narrative, fun gameplay and fantastic visuals. Its huge amount of content will surely steal many hours from those who wish to venture into their universe full of secrets.