A Digital Foundry liberou a sua análise técnica para a versão de PC de Horizon Zero Dawn: Complete Edition. Veja no vídeo mais abaixo.

O canal reconhece a superioridade técnica em relação à versão de PS4 e de PS4 Pro, porém da mesma forma que relatamos em nossas impressões, há problemas na taxa de quadros por segundo que não são causadas pela configuração da máquina.

Veja um resumo da análise:

Horizon Zero Dawn tem seu próprio lugar de honra em uma linha fenomenal de exclusivos do PlayStation 4 – um mundo aberto entregue com a melhor tecnologia do mercado, combinada com a sofisticação da jogabilidade e o polimento de uma experiência mais linear, humanizado com alguns dos personagens mais impressionantes da geração. Quando Hideo Kojima foi comprar uma engine para oferecer sua visão para Death Stranding, foi a tecnologia Decima da Guerrilla Games que ele adotou – e pode haver elogios maiores do que isso? Na sequência do excelente port para PC de Death Stranding da Kojima Productions, as expectativas eram altas para a conversão de PC de Horizon. Com isso em mente, é desconcertante e extremamente decepcionante ver o port ficar tão aquém das expectativas.

Não se engane, o jogo principal está lá. É realmente a edição completa. Ainda é uma experiência única para usuários de PC, simplesmente porque os projetos de várias plataformas e até o exclusivo de PC não são construídos assim. Horizon Zero Dawn parece e sente uma classe à parte de várias maneiras – e sim, você pode aumentar as configurações gráficas e melhorar as resoluções e a taxa de quadros em comparação com os originais do PlayStation 4 e PS4 Pro. No entanto, o jogo fica aquém das muitas falhas técnicas.