O fundador da Double Fine, Tim Schafer, confirmou que sua equipe está atualmente estudando o PlayStation 4 para ver o que ele é capaz, antes de decidirem o que o estúdio fará com ele.

Conversando com a OPM, Schafer disse que “deixa eu dizer que nós estamos conversando com a Sony, posso dizer isso? Eu não sei, talvez acabe tendo problemas. Essa é a primeira vez que fomos contatados por uma produtora de consoles como a Sony e perguntados, ‘primeiro, o que vocês querem dessa nova caixa? Nós temos essa nova característica, o que vocês podem fazer com ela?’. Já tínhamos algumas pessoas estudando algumas das novas características para ver o que podemos fazer com elas”, disse Schafer.

Schafer sempre criticou os consoles no passado devido ao controle de marketing, os gastos em espirais e diversas regulamentações. Entretanto, a abordagem de uma plataforma aberta que a Sony está fazendo fez com que diversas produtoras independentes elogiassem a companhia.

Sobre o assunto, Schafer disse “é, eu digo que não é tão difícil conquistar os desenvolvedores pois tudo o que queremos é sermos tratados com um pouco de razão. Muitas vezes recebemos as coisas mais malucas e sem razão e você fica ‘sério? É assim que você vai tratar a gente?'”. “Fazer coisas como permitir que disponibilizemos patches para os nossos games quando queremos, colocar os nossos jogos com descontos e lançá-los em territórios que eles devem ser lançados – fazer poucas coisas assim podem tornar uma desenvolvedora apaixonada por você”, continua Schafer.