A Sony Computer Entertainment registrou uma patente para uma tecnologia concebida para acabar com a venda de jogos usados.

Esta suposta tecnologia "marca" cópias individuais de jogos com informação do tipo se já foi usado em outro console ou se já foi usado com outra conta de usuário.

O sistema verifica essa informação guardada no jogo e pode bloquear o seu início caso se trate de um jogo já usado.

Essas informações vão ao encontro de rumores anteriores que indicavam uma tentativa da Sony combater a venda de jogos usados no PlayStation 4.

Essa tecnologia pretende reduzir o lucro gerado nas vendas de jogos de segunda mão para favorecer as vendas de games novos e, consequentemente, as próprias publishers que não lucram nada com a indústria de usados.