O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Hitman 3 em VR é sobre a imersão. É sobre chegar mais perto da ação do que nunca, e realmente tentar ser o Agente 47 nos mapas super detalhados pelos quais a série Hitman é conhecida. Já faz um mês desde que anunciamos Hitman 3 para PS VR, e estamos felizes em estar de volta para poder falar mais.

Com o conhecimento de Sidsel e Eskil da equipe VR da IOI, vamos descobrir a fundo algumas das maneiras que Hitman em VR vai mergulhar você no World of Assassination.

1. Ponto de vista

Quando você está jogando em VR, está jogando em primeira pessoa – literalmente vendo o mundo pelos olhos do Agente 47. É algo poderoso, que fizemos especialmente para VR. É quase como um ‘ponto de vista VR’ em vez de em primeira pessoa, já que tivemos que reconsiderar todos os aspectos do jogo e onde a câmera deve estar em VR.

Por exemplo, ajustamos a altura do Agente 47 em VR para fazer a visão em primeira pessoa e os esconderijos funcionarem devidamente. Também ajustamos quais partes do corpo do Agente 47 serão detectadas pelos guardas para garantir que a experiência fique boa em VR.

2. Novas maneiras de jogar

Nos estágios iniciais do desenvolvimento para VR, foi muito divertido descobrir novas possibilidades que pudemos aproveitar, sem mudar o game. O alto grau de fidelidade e realismo dos ambientes quer dizer que tivemos mais lugares para mostrar e esconder quase instantaneamente. Então começamos a experimentar com os itens no mundo e como interagir com eles de maneira interessante.

Logo percebemos que quando você anda por uma fase segurando um item, você sem querer deixa uma trilha de destruição por onde anda, já que o item ‘ataca’ tudo que toca. Para evitar isso, e deixar o jogador escolher quando querem usar um item para interagir ou para atacar, adicionamos o conceito de ‘preparar’ um item. Isso deixa você carregar o que quiser como quiser. Preste atenção como a maneira que o Agente 47 segura um braço robótico muda – é nesse momento que seguramos R2 para preparar o item.

3. Fora da caixa

Queremos que o mundo de Hitman VR seja um que você possa realmente tocar e afetar. Os jogos Hitman sempre tiveram um mundo vivo, e quando está jogando em VR, está muito mais perto de tudo no mundo – seja taças de vinho ou seguranças.

Quando você não joga em VR, você pode esbarrar em personagens e talvez eles reclamem por você ser desastrado. Em VR, as camadas de interação devem ser mais profundas, então adicionamos reações e diálogos quando você toca o ombro de alguém, por exemplo.

Novamente, veja abaixo como 47 começa tocando o guarda e depois ‘prepara’ sua mão em um punho para acertar um golpe.

4. Fazendo parte

Os disfarces sempre foram parte integral de Hitman, especialmente nos jogos recentes, onde é possível se misturar ao ambiente, mesmo em plena vista. O Agente 47 sabe fazer o que for preciso para manter seu disfarce; seja tomar um drink no bar ou lavar a louça na cozinha.

Normalmente o Agente 47 faria isso automaticamente. Em VR, queremos imersão completa até quando está limpando a mesa, sem automação! Você agora pode agir de verdade e finalmente viver seu sonho de garçom. você será um mestre assassino e o funcionário do mês antes que perceba!

Estamos muito animados para falar mais sobre Hitman VR e compartilhar exemplos de cenários de gameplay que poderá esperar. Vale lembrar, será possível ‘importar’ locais de Hitman 1 e Hitman 2 que você possui para Hitman 3, essencialmente colocando 20+ locais da trilogia toda em um só lugar – tudo podendo ser aproveitado em VR!

Não vemos a hora de contar (ainda) mais sobre Hitman 3, antes do lançamento no dia 20 de janeiro de 2020. Mal podemos esperar!