Confira os detalhes abaixo, vindos de uma entrevista de Yoshinori Kitase e Hideki Imaizumi com a Famitsu.

  • Durante as gravações dos diálogos de Final Fantasy Type-0, um dublador era o mesmo que trabalhou em FF X. A equipe percebeu naquele momento que fazia 10 anos que o jogo tinha saído. Tetsuya Nomura começou a negociar para que algo fosse feito em comemoração, mas o foco na ocasião era em FF XIII. No entanto, mesmo que o 10º aniversário de FF X não tenha sido comemorado, o de FF X-2 é em 2013;
  • Todos os personagens controláveis terão gráficos retrabalhados. Quanto aos outros, suas texturas foram melhoradas;
  • Devido ao fato do jogo ser em 16:9, as câmeras foram ajustadas para funcionarem melhor em cenas 3D, mas os lugares com fundos pré-renderizados exigiram mais trabalho;
  • Mesmo em cenas 3D, há coisas que “aparecem” em 16:9, como pessoas em cutscenes que não apareciam originalmente. Kitase diz que isso será preocupante até o fim do desenvolvimento;
  • Recriar o gameplay original foi difícil, segundo a equipe; manter a essência com o visual novo. Muitos dados do desenvolvimento original foram perdidos, e isso exigiu um trabalho extra tanto interno quanto externo;
  • A equipe percebeu que os jogadores iam gostar mais se lançassem tanto FF X quanto FF X-2 em HD. De um ponto de vista pessoal, Imaizumi diz que queria que todos apreciassem a história completa de Tidus e Yuna. O Vita receberá separado apenas por causa do limite de espaço.