Em entrevista com o site Polygon, Dominic Guay, da Ubisoft, revelou que cerca de 95% das missões de Watch Dogs, que consistem basicamente em “stealth” (não seja detectado), fugindo ou em perseguição, permitem que o jogador não dispare uma bala. Pouquíssimas missões requerem que o jogador mate pessoas.

Paralelo a isso, Jonathan Morin conversou com o site Examiner e mais detalhes foram dados. Primeiramente, o jogador poderá hackear helicópteros também – algo que até agora não havia sido mencionado.

Quanto ao multiplayer, e que já foi revelado no passado, os outros jogadores podem entrar e hackear o seu “jogo” e observá-lo. Isso inclui até mesmo pessoas que estejam em seus tablets/smartphones. As pessoas podem aparecer e desafiá-lo, lutar contra você e fazer todo tipo de coisa para controlar a cidade. Quando alguém desafia você, é como se fosse um contrato: você pode aceitar ou recusar. É possível desligar a opção inteiramente também, caso não queira ser incomodado.

Por fim, na entrevista anterior com o site Polygon, Guay disse que mais modos multiplayer serão revelados em breve. Resta aguardar e ver o que a Ubisoft pretende.