GameplayNotíciasPlayStation 4Vídeos

Veja novos previews, imagens e vídeos de gameplay de Days Gone

Diversos sites soltaram hoje previews de Days Gone, futuro título de PS4 desenvolvido pela Bend Studio.

Confira alguns dos previews nos seguintes sites: EasyAlliesEurogamerGameInformer (2), GameSpot (2), IGNPlayStation Blog, PolygonPowerup GamingPress StartPushSquareUSgamer.netVentureBeat (2) e VG247 (2).

Days Gone será lançado no dia 26 de abril para o PlayStation 4. Confira uma galeria de imagens neste link do Gematsu.

PlayStation Access

IGN

PushSquare

4Gamer.net

Famitsu

Gamer Snack


Atualização: o texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Estive contando os dias até poder mergulhar fundo no mundo pós apocalíptico de Days Gone (nota: foram 288 dias). Convenci o Bend Studio a me deixar jogar com o build mais atualizado do jogo de sobrevivência e ação para PS4 que chega em 26 de abril. Minha experiência com o jogo mostra que há mais (muito, muito mais) aqui do que parece.

Minha jornada por Farewell, Oregon, começou mais ou menos em uma hora de jogo. Como o mercenário motoqueiro Deacon St. John, entrei em um mundo aberto mortífero, populado por Freakers e bandidos. Uma miríade de atividades me esperavam: caçar recompensas, limpar covis de Freakers, investigar o destino da esposa de Deacon, e acertar contas antigas.

Estas missões são agrupadas em “Histórias”. As Histórias são as respostas de Days Gone à estrutura já muito utilizada de linhas de “quests” encontradas em outros jogos. Cansou de ir atrás de uma linha de quests? Pule para outra História e continue em seu caminho — o resto das missões estarão disponíveis quando você quiser retornar a elas. Em um toque muito legal, você pode acessar o progresso de cada História com uma breve passada pelo touchpad do DualShock 4.

A decisão do Bend Studio de fazer o jogo se passar no quintal do estúdio, o Noroeste do Pacífico nos EUA, foi inteligente. As montanhas, trilhas, florestas vastas e desertos cheios de areia são quase de outro mundo de tão lindos.

Mas o perigo sempre está por perto. Minha sessão começou faz apenas alguns minutos, e estou passando por uma rua aberta. Percebo um movimento — o brilho vermelho de um laser — e antes que possa respirar, sou jogado da minha bike por um atirador escondido em uma árvore. Conforme Deacon se recupera e levanta, um grupo de bandidos usando machados chegam para terminar o serviço. Esse não foi um encontro com um script, mas uma lembrança de que o mundo imprevisível de Day Gone têm ameaças surpreendentes.

Mais tarde, estou limpando um acampamento de emboscada usando minha SMG, Molotovs e abates furtivos para calmamente derrotar os saqueadores que moram ali. É coisa rotineira. Eu derroto o líder da gangue, pego seu ferro de pneu como recompensa, e começo a investigar o que está por perto. Até então, tudo bem. É aí que cinco, depois 10, depois 20, depois 50 Freakers pulam diretamente em frente a mim, atraídos pela comoção.

Tropeço para trás, piscando descrente conforme atiro com minha SMG na multidão crescente — fazendo uma imitação perfeita de todo vilão em filmes de zumbi momentos antes de serem destroçados. Percebo que minha única esperança é fugir. Corro para minha bike e me amaldiçoo por tê-la estacionado de frente para uma parede, antes de instantaneamente ser arrastado por uma onda gigante de mandíbulas, braços e pernas. É um final épico para uma missão rotineira. Rotina, em Days Gone, não existe.

Alguns outros detalhes que chamaram minha atenção:

Tenha um plano de fuga. Você possui uma arma, uma moto e uma missão. Agora tudo que precisa é um plano para fugir caso uma horda de Freakers apareça do nada. Onde você estacionou sua moto, e para qual direção ela está apontando, é algo tão importante quanto quais armas você está levando. E lembre-se: sua moto é seu save point!

Uma breve nota sobre armas. As armas vêm em cinco tipos diferentes, passando do Nível 1 (“Lixo”) para Nível 5 (“Forças Especiais”). Days Gone oferece ótimas comparações de stats, mas nem sempre o maior DPS é a melhor escolha. Penetração de balas tem uma importância de vida ou morte em Days Gone, permitindo que você destrua Freakers sem queimar todo seu estoque de armas.

Não desperdice tempo. Você sabe a rotina, praticada em vários jogos de mundo aberto. Você limpa um grupo de inimigos, depois vagarosamente anda pela carnificina, pegando balas, bandagens e materiais que estiverem disponíveis. Em Days Gone, essa abordagem pode acabar em tragédia, graças às andanças dos grupos de Freakers, lobos infestados ou ursos raivosos. Esteja pronto para pegar o que estiver na mão e sair fora no primeiro sinal de problema.

Dicas básicas de combate. Lutas corpo-a-corpo em Days Gone podem parecer desesperadas e selvagens, mas golpes podem ter bastante peso. Ao apertar R2 para golpear com sua faca ou machado em inimigos corpo-a-corpo; Deacon automaticamente mira em inimigos perto, mas você terá de apertar R1 para se esquivar de golpes inimigos. Não se esqueça de manter o olho vivo na barra de stamina de Deacon.

Os cuidados e combustíveis da moto. Realidade da Moto #1: você precisará de combustível. Dã. Em uma emergência, você geralmente acha latas de combustível em casas e prédios, ou dentro dos campos de saqueadores. É claro, vale muito a pena melhorar a capacidade do seu tanque de combustível assim que possível. Realidade da Moto #2: ela não é invencível; bata-a e ela irá se danificar, forçando um reparo de emergência. Dirija com cuidado!

Partindo para o físico. Falando em motos, Days Gone não está tentando ser um simulador de motos, mas é bom que você se acostume com o sistema de física, para que consiga pular fora quando hordas de Freakers chegarem. Regra #1: Quando fizer um salto, tente manter sua moto paralela ao chão para minimizar o dano.

Caçando e coletando. Você pode caçar por comida — alces, lobos e mais — depois trocar a carne em acampamentos para ganhar créditos e confiança. Você vai querer construir uma relação de confiança com os acampamentos para destravar melhorias para sua moto e armas.

Interface pelo touchpad. Você pode acessar todos os menus cruciais (mapa, habilidade, Histórias etc) arrastando o dedo pelo touchpad nas quatro direções cardeais. É um toque futurista que gostaria de ver em outros jogos. Outro toque imersivo: transmissões de emergência das rádios trazidas aos fones internos do DualShock 4.

Habilidades e experiência Avançando Histórias e matando inimigos, você irá inevitavelmente ganhar alguns pontos de habilidade, que você pode investir em três árvores: combate à distância, combate corpo-a-corpo e sobrevivência. Me tornei um lutador formidável com habilidades que me permitem executar inimigos após quebrar um agarrão, reparar armas danificadas e ganhar melhorias de dano. Esse é só um pequeno exemplo — as árvores são substanciais.

É bastante claro que a equipe do Bend Studio trabalhou duro na apresentação também. Days Gone é meticulosamente detalhado, com ambientes rústicos, folhagem abundante e ruas cheias de terra. Olhe de perto, e você verá até mesmo os espinhos das plantas que colorem múltiplas localizações.

Bend Studio se utilizou de ameaças imprevisíveis e encontros fora do script para criar um mundo aberto alarmante. Uma arma poderosa, moto rápida e estoque de suprimentos só servirão até certo ponto — você terá de esperar o inesperado se quiser sobreviver quando Days Gone chegar ao PS4 em 26 de abril.