NotíciasPlayStation

Ubisoft diz que não vê problemas em adiar um Assassin's Creed se ele não estiver bom

Desde 2009, a Ubisoft lança anualmente um novo título da série Assassin’s Creed.

Conversando com o site IGN, o presidente da Ubisoft da América do Norte, Laurent Detoc, disse que a companhia pode a qualquer momento “quebrar” esse ritmo se achar necessário. Ou seja, se um título da série não “estiver bom o suficiente”, a Ubisoft não vê problemas em adiá-lo.

Detoc acredita que se o jogo for lançado e estiver ruim, pode manchar a marca. Ele não cita exemplos de casos que sofreram isso, mas comenta que “nós sabemos quais são”.

Detoc também diz que você precisa trazer algo novo, mas com qualidade.

Nos dois últimos anos, a Ubisoft adiou vários jogos: Far Cry 3, Rayman Legends, Splinter Cell: Blacklist, Watch Dogs, South Park, The Crew e mais. No entanto, Just Dance, Rocksmith e Assassin’s Creed conseguiram ser lançados sem interrupções. Detoc diz que gosta de pensar que a Ubisoft não adia tudo, mas é a razão do adiamento que importa. No caso de Assassin’s Creed a companhia já entende sua essência – algo que é mais difícil com uma franquia nova como Watch Dogs.