Thief não terá mais o seu sistema controverso de progressão através de experiência (XP). A revelação veio do próprio diretor, Nic Cantin e do designer de fases, Daniel Windfeld Schmidt. Segundo eles, a reação dos fãs foi bastante negativa quando isso foi anunciado.

No caso, se o sistema fosse incluso, os jogadores seriam recompensados com assassinatos únicos, como “headshots”. Porém, sem o sistema, as mortes ainda podem ser feitas, mas há uma ênfase em comprar elementos com ouro para que os jogadores agora sejam encorajados a roubarem. “O jogador poderá escolher como gastará seu dinheiro, para ferramentas mais agressivas ou para aumentar sua discrição”, diz Cantin.