O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Hoje mais cedo, a Telltale Games lançou The Walking Dead: The Final Season Story Builder, uma experiência interativa de browser que permite reviver os momentos mais impactantes da história da série. Suas escolhas no Story Builder produzem uma versão de Clementine que pode então ser importada para o jogo em si. Em honra do Story Builder, o escritor chefe James Windeler decide olhar para os momentos mais formativos de Clem e explica como o capítulo final de sua história tomou forma.

The Walking Dead: Story Builder

Quando conhecemos Clem anos atrás, ela era uma garota de oito anos conversando conosco pelo seu walkie-talkie. Embora ela seja apresentada como o epítome da inocência, ela é obviamente esperta também, se escondendo em sua casa na árvore onde não podem alcançá-la. Ela também é corajosa o suficiente para ajudar Lee com um martelo durante uma luta quase fatal contra sua babá-zumbi. Mesmo naquela época, já mostrava instintos de sobrevivência que a manteriam viva por mais tempo que quase todo mundo que encontrou desde então. Claro, ela era pequena, sozinha, e precisava de ajuda. E nós, como Lee, estávamos lá para ajudá-la.

The Walking DeadEm The Final Season, Clementine já está crescida. Ela agora é uma sobrevivente capaz e experiente que está na estrada com AJ, um órfão que ela passou a cuidar no final da segunda temporada, por alguns anos. Clementine devia tanto à Lee, que a equipe decidiu que su última história seria sobre pagar um pouco dessa dívida, repassando seu conhecimento. Ela começou como uma pequena criança inocente e dependente. Para nós, era natural e inevitável que ela completasse o círculo e acabasse no lugar de Lee.

Um Novo Tipo de Mentor

Mesmo querendo honrar o ponto de partida da história de Clem, queríamos também que não ficasse tudo igual. AJ não é como Clem quando era pequena. Ele é uma criança que só conheceu a vida pós-apocalipse, e como equipe, queríamos explorar como uma criança que nasceu neste mundo se comportaria. Forte e ágil além do que parece, ele pode caçar comida e sabe usar uma arma. Lidar com os zumbis é natural para ele, assim como desconfiar de estranhos. Ao contrário de Clementine, AJ realmente precisa de um guia de ética mais do que qualquer coisa.

O mundo antes do apocalipse, com suas normas sociais, é uma memória distante, e a questão não é apenas “Vamos viver ou não?” É também “Qual a maneira certa de viver?” Conforme Clementine toma decisões difíceis, algumas vezes brutais, AJ a observa, formando um senso de certo e errado nascente. Em nossos momentos mais grandiosos, a equipe descreve a história como uma luta pela alma de AJ. Mas também temos jogador responsável por alguns dos aspectos mais infantis do crescimento de AJ, como se ele vai ou não usar palavrões. Sabemos o que a Clem da primeira temporada diria “Swear!” Mas e a Clem dos capítulos finais de sua história?

The Walking Dead: The Final Season

Mesmo Clem adotando o papel de mentor de Lee, ela é bem diferente dele. Enquanto a história de Lee existia num mundo antes do apocalipse, a de Clem tem sido formada por anos de sobrevivência difícil. Em The Final Season, os jogadores definem o caráter dela no presente, com compaixão ou não, animada ou não, dependendo de como enxergam sua versão de Clem. Mas de qualquer jeito terão em mãos um personagem que sofreu muito e aprendeu que não pode confiar em ninguém além de si mesma.

Para mim, quando ela diz adeus à Lee no final da primeira temporada, Clem também está dizendo adeus à sua infância e dependência nos outros. Sem ter culpa, Lee acaba a abandonando neste terrível mundo, e ela é obrigada a continuar sozinha. Depois, ela perde outro amigo querido, Kenny, incapaz de frear sua descida até a loucura. A maioria dos outros adultos se provam não confiáveis na melhor das hipóteses, ou tiranos homicidas na pior. Então quando Clem aponta uma arma para Javi bem no começo de The Walking Dead: A New Frontier, ela já está endurecida, violenta, e indiferente às necessidades daqueles à sua volta. Ela é motivada pela obsessão de encontrar a única pessoa que não irá desapontá-la: o pueqeno bebê AJ.

The Walking Dead: The Final Season

A Longa Estrada Para Casa

Para a última temporada da história de Clem, queríamos avançar seu personagem da adolescente amarga de A New Frontier e explorar o que uma Clem adulta possa querer. Embora a busca por AJ tenha sido uma forte motivação para seu personagem, queríamos nos distanciar disso como objetivo. Para isso, fizemos Clem encontrar AJ entre as temporadas, deixando seu reencontro traumático como uma memória a ser discutida em The Final Season. E já que Clementine esteve fugindo por muito tempo, pareceu certo que estivesse esgotada, no fim da linha, e procurando por um lar.

Conforme pensamos em como seria este lar, a equipe ficou convencida que teria que ser diferente de todas as outras comunidades que Clem já viu falhar. A Boarding School for Troubled Youth de Ericson é diferente já que não há adultos por perto. Os adolescentes que vivem lá — embora tenham sobrevivido até agora — estão relativamente protegidos, e quando a crise ameaça sua paz, buscam respostas em Clem. Várias vezes na série, Clementine foi uma criança ou estranha em um mundo adulto hostil. Em seu capítulo final, vamos dar a ela a chance de definir seu próprio lar, e lutar por ele, se tornando uma líder.

The Walking Dead: The Final Season

O episódio um de The Walking Dead: The Final Season estará disponível para download a partir de 14 de agosto. Adquirindo a pré-venda antes, você recebe The Walking Dead Collection como bônus. Jogue agora mesmo os primeiros 15 minutos baixando a demo gratuita para PS4.