NotíciasPlayStation 4TrailerVídeos

Stardust Odyssey chega hoje para PlayStation VR; saiba como foram criados os controles

O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


É com orgulho que entregamos um game para PS VR genuíno, com jogabilidade específica e bastante tempo de jogo, tudo centrado em torno de uma aventura que mergulha o jogador em um mundo de fantasia. Trabalhamos duro para criar todo o conteúdo de Stardust Odyssey e esperamos que os jogadores gostem do resultado!

Criando os Controles

Como também somos jogadores de PS VR, queríamos um game que tivesse (em nossa opinião) tudo que é essencial para um jogo em realidade virtual: acessibilidade, conforto, ergonomia, simplicidade e controles intuitivos. Não queríamos criar “apenas mais uma breve experiência”.

Quando você veste um headset VR, é melhor não poder olhar para suas mãos e para os botões para não quebrar a imersão. É por isso que decidimos usar apenas o controle PS Move e o botão T: você pode começar a jogar instantaneamente, sem ter que pensar em mapear suas ações. Tudo é baseado em mira simples, pressionando e soltando o botão T button.

Em Stardust Odyssey, você joga com “ganchos mágicos” que pode usar para mirar e agarrar todos os objetos interativos à distância: o leme de sua Ethercraft, suas magias, sua carga, etc. Já que joga usando ambas as mãos, pode pegar objetos e pilotar ao mesmo tempo.

Pilotar sua Nave é Fácil

Quando você agarra o leme com o botão T, um disco azul aparece na sua frente, que pode usar para direcionar sua nave. Mirar dentro do disco faz a Ethercraft se mover horizontalmente e verticalmente. Para isso, pode ou dobrar seu pulso ou mover seu braço inteiro. Para ir para a frente, basta empurrar comando do leme para frente, e o contrário para se mover para trás, trazendo-o para mais perto do seu corpo. As marcas azuis ao lado indicam a sua velocidade. Você pode trocar de mão nos controles a qualquer momento e usar a esquerda ou a direita conforme preferir. Você logo aprenderá como entender a interface de pilotagem e sentirá como é intuitiva a resposta da Ethercraft aos vários movimentos do seu braço. Depois de alguns minutinhos, nem precisará olhar mais para a interface.

Fazendo Bom Uso dos seus “Smuggler Hooks”

Logo que aprender a pilotar sua nave, poderá interagir com o ambiente: esconder atrás das naves nômades, roubar carregamentos,lutar contra guardiões, usar itens dentro de seu cockpit, magias poderosas, etc.

Por exemplo, para usar uma magia, o jogador tem que mirar em uma orbe específica e pressionar o botão T para pegá-la. A magia então carrega, e quando estiver pronta, poderá sentir seu poder em suas mãos quando ela começar a vibrar. Então, mire e use-a a qualquer momento soltando o botão T.

Cada magia consome energia. Há três tipos de energia. Um tipo também abastece sua nave, e se acabar, você perde. Como pode entender, é preciso equilibrar o uso das energias quando jogar.

Ingredientes de RPG

Um dos pontos fortes do jogo é providenciar aos jogadores diferentes estratégias que podem usar em situações diferentes: você poderá decidir qual caminho tomará pelas fases, poderá encarar ou fugir dos inimigos, se deseja equipar sua nave, ou apenas se encher de carga e zarpar o mais rápido possível.

Oriente sua estratégia modelando-a com as 9 magias do jogo. Algumas são de ataque, outras defensivas e outras apenas ferramentas úteis para progredir pelo jogo. Decidir quais magias usar é um ingrediente importante da jogabilidade. Além disso, lembre-se que é possível combinar magias: por exemplo, pode usar um relâmpago em um vortex de energia gráviton que já convocou antes.

Outro aspecto da jogabilidade que muda a experiência de jogo são as runas. As 21 runas, que os jogadores descobrirão pela aventura, providenciam 21 bônus passivos. Um máximo de três runas pode estar ativo ao mesmo tempo. Mais uma vez, você terá que decidir sua estratégia no jogo, com base nas várias combinações.

Com todas as escolhas que pode fazer em termos de como explorar as fases, o que fazer com os itens, tesouros escondidos, itens das lojas, estratégias, e como usar suas magias e runas, a sua experiência de jogo será única!

Dois Assentos, Dois Jogadores

Criamos a Ethercraft com dois assentos, já que sabíamos que faremos uma experiència social multiplayer desde o início. A qualquer momento no jogo, você pode convidar ou se juntar à um amigo e dividir a sua experiência no modo co-op. Tudo que receber na sua sessão co-op permanece disponível no modo solo.

A chave desta transição entre os modos solo e co-op é a estrutura mecânica de jogo que trava as fases. Para destravar fases, você deve explorar os comboios e encontrar precioso Ether. A quantia de Ether determina a quais fases terá acesso. Se um dos dois jogadores possui acesso à uma fase, então a equipe pode entrar naquela fase. Ambos podem coletar e completar o que quiserem, até mais Ether. Assim que a sessão co-op terminar, cada jogador retorna com sua quantia de Ether atualizada e com tudo mais que coletou durante o co-op.

Então, o modo co-op providencia uma experiência de transição totalmente fluida para o jogador.

Paradoxalmente, manter os elementos de jogabilidade simples sem que o jogo em si fique “simplificado”, foi uma tarefa bem complicada e trabalhamos muito para isso! Então, realmente espero que curtam a jogabilidade profunda de Stardust Odyssey!