Como noticiamos aqui, a PlayStation Store europeia permitia que os usuários baixassem Grand Theft Auto V via preload, ou seja, poderiam baixar o arquivo do jogo mas só teriam acesso no dia 17 de setembro.

Por causa disso, hackers exploraram o arquivo e encontraram diversas informações, como a trilha sonora do título.

A Sony, via PlayStation.Blog, reconheceu o problema e anunciou que deletou o arquivo da pré-venda de GTA V. Ela pede desculpas para a Rockstar e a todos os fãs de GTA que podem ter sido expostos a spoilers.