Pro Evolution Soccer 2014 não terá mais as opções de partida com chuva e também o editor de estádios.

A revelação veio por meio de comunicado oficial de Adam Bhatti, gerente de comunicades europeu da série de futebol da Konami.

Segundo a equipe de desenvolvimento do game, seria possível o game ter o efeito visual de chuva, mas sem os efeitos práticos que isso implica na partida, como mudanças na maneira que a bola quica e rola na grama.

Como PES 2014″ utiliza uma nova engine, criada do zero e utilizada pela primeira vez, não foi possível fazer os ajustes necessários a tempo do título deste ano, explica ainda o comunicado. A ideia é que tudo isso apareça em PES 2015.

Com relação ao editor de estádios, a questão tem a ver com contratos de licenciamento feitos pela Electronic Arts para FIFA 14.

Por conta das negociações da EA, a Konami teve de remover todos os estádios de times espanhóis que colocaria em PES 2014 e também o modo de criação de estádios. Assim, a estimativa da Konami é que o disco de PES 2014 tenha cerca de 20 estádios no lançamento, sendo 14 deles reais e os outros fictícios.

Vale notar, ainda assim o game contará com as 20 equipes da primeira divisão do campeonato espanhol.