Durante a semana que passou, noticiamos algumas imagens dos “dias atuais” de Assassin’s Creed IV: Black Flag (veja nas notícias relacionadas.

Muitos querem saber o que aconteceu com Juno, Desmond e por qual motivo estaremos na Abstergo neste jogo. Agora, no UbiBlog, o escritor Darby McDevitt respondeu algumas perguntas dos fãs sobre esse assunto. Veja abaixo os pontos revelados e confira na fonte todas as perguntas na íntegra.

  • Minigames de hackeamento, como os puzzles com glyph e cluster, voltarão de alguma forma;
  • A história contada nos dias atuais terá um arco próprio e claro;
  • Subject 16 não retornará, mas Subject 17 sim, de uma forma indireta. Subject 17 é Desmond;
  • O jogo se passará em Quebec e existirão personagens novos e velhos;
  • O personagem controlado nos dias atuais saberá sobre os assassinos, templários e os que vieram antes aos poucos;
  • O personagem principal é um novo funcionário na Abstergo;
  • Não há combates nos dias atuais – é tudo exploração, ouvir conversas e hackeamento;
  • O mundo ainda é o mesmo e a Juno não tem “ainda” força o suficiente para dominar o mundo;
  • A resposta sobre o personagem ter conexão com Desmond é irônica: “você possui algum Miles em sua família?”;
  • Será possível sair da Animus a qualquer momento para explorar Abstergo;
  • A história da Abstergo estará na jornada principal e com ainda mais detalhes para aqueles que explorarem bem;
  • Não há ponto de vista definido – você não é necessariamente um templário e também não é um assassino. Não há uma “escolha”, apenas os dois lados dos conflitos são mostrados;
  • Ao que tudo indica, o protagonista será mudo;
  • A maioria das pessoas que trabalham na Abstergo não são templárias, a empresa que é comandada por eles. Isso explica você não ser um;
  • A tecnologia da Abstergo evoluiu. Há agora servidores com a memória genética que permite qualquer um acessar as memórias de outras pessoas;
  • Há a chance de encontrarmos os donos da Abstergo.