O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Em Nuclear Throne, o seu objetivo é simples: alcançar o Trono Nuclear. É uma mistura brutal de ação top-down, geração randômica, morte permanente e escolha do jogador — e, honestamente, você provavelmente não vai ter nenhuma chance. Mais do que qualquer coisa, o resultado da sua tentativa será seis simples palavras: “Você não alcançou o Trono Nuclear”.

Nuclear Throne

Para nós dois aqui na Vlambeer e para os outros quatro que estiveram trabalhando no jogo pelos últimos dois anos e meio há algo de empolgante em fazer um jogo que é intencionalmente malvado com você de todas as formas possíveis, sem se tornar injusto. Quando nós decidimos fazer esse jogo, nós queriamos criar um game que fosse divertido para nós, seus criadores, jogar — algo que nem nós pudéssemos prever totalmente.

Nuclear Throne fez isso, e então nós o tornamos mais difícil e adicionamos mais conteúdo. Nós continuamos adicionando coisinhas más no jogo até que, eventualmente, nossas habilidade de jogadores chegaram ao limite absoluto. Nós não paramos de forçar até que vimos o temido “Você Não Alcançou” por conta de inimigos que se esgueiraram por trás de nós e nos mataram com um único golpe bem encaixado.

Em Nuclear Throne, você escolhe um entre doze mutantes para alcançar o Trono Nuclear. Cada um deles tem uma habilidade passiva e uma ativa — às veze simples, como escudo temporário ou mais munição derrubada pelos inimigos, e às vezes ridículas, como ataques aéreos interdimensionais e a habilidade de lutar como uma galinha sem cabeça depois que você morre. Quando você fica melhor no jogo, você consegue acesso a Throne Butt ou habilidades Ultra ainda mais poderosas.

Nuclear ThroneNuclear Throne

Um mutante pode carregar duas armas de uma vez, e há aproximadamente 125 armas em Nuclear Throne. Algumas delas são as de costume, como pistolas, metralhadoras, chaves de fenda — e outras são completamente exageradas — coisas como gatling sluggers, super armas de plasma e o lançador de ogivas nucleares dourado. De qualquer forma, poder não é tudo — quanto mais poderosas forem suas armas, mais tempo elas levam para ser recarregadas e mais munição elas utilizam, e se você ficar sem munição, sua tentativa chegará a um fim bem patético.

Conforme você mata inimigos e chefões nos descampados, o seu mutante vai ganhar radiação — ou rads — que o ajudam a passar por mutações. Há quase 30 mutações no jogo — mas você poderá apenas escolher entre uma seleção randômica composta por quatro opções de cada vez. Algumas delas são divertidas, outras são práticas e outras vão depender muito da situação.

Scarier Face (Cara Mais Assustadora) é uma boa de se encontrar, porque ela diminui a vida de qualquer inimigo que você encontrar. Impact Wrists (Punhos de Impacto) — que aumentam a força que o seu arsenal tem sobre inimigos, os mandando mais longe — funciona maravilhosamente quando você está jogando com o mutante Melting (Derretido), cuja habilidade ativa permite que você exploda cadáveres à distância. Ou talvez você queira evitar Euphoria (Euforia) quando você está jogando com a Crystal (Cristal), porque a habilidade de escudo dela reflete balas, e Euphoria desacelera todos os projéteis no jogo.

Nuclear Throne

E isso é só o principal de Nuclear Throne. Conforme você luta para descobrir uma forma de vencer as áreas e os chefões do jogo, há dúzias de segredos mais ou menos úteis para econtrar — coisas chamadas crowns (coroas), personagens secretos, áreas, finais, armas amaldiçoadas e todo tipo de mistério.

Há várias e várias formas de melhorar a sua tentativa, ou de torná-la mais difícil. E se você sentir que você pronto para se exibir, nós temos algo para você também. Jogue co-op local com um amigo ou participe de um desafio diário e de um desafio semanal para mostrar suas habilidades contra todo mundo.

Nuclear Throne será lançado em consoles com exclusividade para as plataformas PlayStation e mal podemos esperar para ver como você não consegue alcançar o Trono.