Confira os detalhes abaixo, que vieram de uma sessão de perguntas e respostas no PlayStation.Blog.

  • A versão de PS4 será melhor em componentes como a inteligência artificial, áudio, visual, etc;
  • O DualShock 4 usará a barra colorida para indicar se Garrett (o protagonista) está nas sombras ou não. O Touch Pad permite uma navegação mais facilitada no menu, além de ações mais intuitivas, como navegar em um mapa ou selecionar armas. O sensor de movimentos pode ser usado para mirar com o arco com mais precisão quando comparado com o DualShock 3;
  • A história do jogo é completamente nova e não é ligada aos anteriores. O sistema é baseado em missões, mas é possível andar pela cidade quando desejar para conferir o conteúdo paralelo;
  • Apesar de ser uma nova versão de Garrett, você encontrará diversas características semelhantes com as versões antigas, como sua personalidade;
  • A produtora, além de usar suas próprias ideias, conferiu outros jogos do gênero “stealth” e espera evoluir ainda mais o gênero. Ela se inspirou em outros jogos que não são do gênero, como Mirror’s Edge e Battlefield da DICE;
  • A mecânica principal do jogo é “luz e sombra”, mas não será a única. Estar nas sombras reduz a visibilidade do jogador, mas a posição, seus movimentos e a distância influenciam a I.A. O som também é um elemento importante e que pode alertar os inimigos;
  • Escutar conversas sem ser detectado ainda é um elemento importante no jogo;
  • O jogador sempre possui a escolha de como resolver uma situação: ele pode ser “fantasma” e não matar ninguém ou pode ser um predador e matar todos. A equipe ainda descreve uma terceira possibilidade: o oportunista, que mistura um pouco dos dois elementos;
  • Coletar e roubar itens ainda é importante e existirão troféus relacionados a isso;
  • O jogo será em primeira pessoa, porém existirão momentos específicos em terceira, como quando o jogador nocauteia um inimigo.

Thief será lançado no dia 25 de fevereiro de 2014 para o PS3 e PS4.