O texto abaixo foi postado no PlayStation.Blog brasileiro.


Se você tem surfado pela internet nos últimos dias, já deve ter lido por aí que Rogue Legacy está a caminho dos consoles PlayStation (PS Vita, PS3 e PS4). E é isso mesmo! Se você não assistiu à Coletiva de PlayStation na gamescom, você pode conferir bem aqui. Fique à vontade para assistir além dos 30 segundos em que o nosso jogo aparece.

Rogue Legacy havia sido lançado há cerca de duas semanas quando a Sony nos contatou, então ficamos impressionados com a velocidade em que a equipe entrou em contato conosco. Mas Shahid e Shane têm sido grandes parceiros, e nós conseguimos o aval para desenvolver Rogue Legacy para todas as plataformas da Sony em um período ridiculamente curto. É difícil acreditar que Rogue Legacy era totalmente desconhecido há quatro meses, e agora, quatro meses depois, nós continuamos totalmente desconhecidos.

Se você nunca jogou Rogue Legacy antes, eis aqui um resumo: ele pega diversos elementos do gênero roguelike, como geração aleatória de cenários, alto nível de dificuldade e morte permanente, e adiciona o seu próprio toque. Por exemplo, quando você morre, você não começa do zero. Em vez disso, o seu filho pega a sua espada. Cada criança tem as suas próprias características genéticas que as tornam especiais. Portanto, uma criança por ser um cavaleiro com hipergonadismo, o que o torna capaz de empurrar inimigos para bem longe, enquanto outra pode ser um mago miope e gigante. Ou seja, é sempre um jogo diferente.

Além disso, sempre que você morre, você passa todo o dinheiro que ganhou para o seu filho, que pode ser usado em melhorias permanentes. E você TEM que gastar esse dinheiro, pois tudo o que sobra é recolhido por Charon, o coletor de impostos, na entrada de cada castelo (que muda aleatoriamente a cada partida).

Então você tem um criança gerada aleatoriamente lutando em um castelo gerado aleatoriamente, com melhorias permanentes, em um cenário estilo Castlevania, e pode jogar em qualquer lugar… isso resume bem o jogo.

Estamos super empolgados de ver o jogo nas plataformas PlayStation e adoraríamos saber em qual delas você está mais ansioso para jogá-lo!