NotíciasPlayStation 4

Novos detalhes de Project Resistance

O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Um experimento humano secreto está sendo feito nas bordas de Raccoon City… o local perfeito para Project Resistance, que traz um novo tipo de terror em multiplayer online 4×1 para o mundo de Resident Evil.

Os jogadores escolhem um de dois lados: o do Mastermind, que monitora e controla as instalações do experimento, ou participar como um grupo de sobreviventes tentando escapar desta prisão ao trabalhar em equipe. O título traz novos desafios que nunca antes foram feitos na série Resident Evil, e chamou a atenção de todos na TGS 2019.

Como é a Jogabilidade do Mastermind e dos Sobreviventes?

Durante nossos testes na TGS 2019, pudemos jogar este jogo em equipes cooperativo e competitivo. Os personagens jogáveis atualmente são o Mastermind, Daniel Fabron, e os sobreviventes Sam, January, Valerie e Tyrone, que estão tentando escapar das instalações. Pudemos jogar por três áreas do jogo, e testar pela primeira vez suas mecânicas básicas.

Jogando Como um Sobrevivente

Um bom trabalho em equipe e saber das forças e fraquezas de seu time são essenciais. Para vencer, os sobreviventes precisam chegar até a saída todos juntos antes do tempo acabar. Para abrir a porta de saída, os sobreviventes precisarão trabalhar juntos para derrotar zumbis e pegar uma série de cartões-chave que abrem as diversas fechaduras das instalações.

Vimos itens familiares como ervas e armas, além de Umbrella Credits, que podem ser usados para comprar itens. Dada a natureza co-op do jogo, você deve ter em mente que seu dinheiro é compartilhado com os outros três sobreviventes. Comprar um item caro para você pode levar alguns membros a não comprarem nada. Desta forma, é sempre uma boa ideia discutir sua próxima compra com os outros sobreviventes.

As habilidades únicas que cada sobrevivente tem são cruciais para você escapar. Sobreviventes têm suas próprias Personal Skills e Fever Skills. Por exemplo, sam pode fazer dois tipos de ataque corpo-a-corpo poderosos, enquanto Valerie pode acender itens ou equipamentos e pode curar o time. Foi difícil usar as habilidades nas horas certas no começo, mas após acostumar com o jogo, passei a dar valor e importância para trabalhar juntos como uma equipe e combinar as habilidades para sobreviver à missão.

Uma vez que esteja familiar com as habilidades únicas de cada sobrevivente, há muitas coisas para testar! Em um dado momento, joguei como January, que tem habilidades de hacker, e Tyrone, que é bom de atacar de perto e possui defesas altas. January é um personagem suporte que pode desligar câmeras de segurança por um período fixo de tempo.

Usando sua habilidade, Overload, ela pode aumentar o custo das cartas que o Mastermind usa com sua habilidade EMP. Usei suas habilidades o mais frequentemente possível, mas os efeitos eram difíceis de ver, então não sabia se estavam de fato funcionando. Como resultado, todos jogamos muito cuidadosamente, o que nos manteve vivos, mas não conseguimos terminar a terceira área a tempo, então eventualmente perdemos.

Jogar como o Mastermind me fez perceber o poder das habilidades de January. Enquanto neste papel, não podia fazer nada enquanto as câmeras de segurança estavam desligadas, e com os custos aumentados, não conseguia usar as cartas poderosas por um tempo.

Depois de entender melhor suas habilidades, tive a ideia de usar seus poderes em lugares onde o Mastermind pudesse colocar armadilhas, aumentando o custo das cartas quando não queríamos que um Tyrant (uma bio arma massiva) aparecesse. Quanto mais vezes eu joguei, mais queria testar January de novo, já que aprendi a maximizar suas habilidades.

Depois, joguei como o bombeiro Tyrone, cujas habilidades corpo-a-corpo foram muito úteis ao bater em zumbis. Ele pode lutar contra uma horda inteira de zumbis se estiver equipado com armas como um pedaço de madeira ou uma marreta.

Me diverti usando ele como o tanque e achei legal correr dentro dos lugares onde os zumbis poderiam estar se escondendo e derrotando-os antes que chegassem a sobreviventes fisicamente mais fracos, como January ou Valerie. Tyrone tem habilidades simples, mas poderosas, como Survival Yell, que aumenta a defesa do seu time. Seu estilo de jogo corajoso é um contraste enorme ao de January, e saber jogar com ambos os personagens me deu uma boa noção da profundidade que o jogo tem a oferecer.

Dito isso, se você se sentir confiante demais no jogo, você irá se machucar. Estava me movendo direto para saída e lutando com zumbis sozinho, quando de repente um Tyrant apareceu e me destruiu prontamente. Estava quase morto e tive que me arrastar de volta ao time, mas o Tyrant me bloqueou, e fui eventualmente morto.

Após reviver, tentamos novamente ir para a saída, mas não chegamos em tempo. Aprendi a importante lição de não superestimar suas habilidades e ter um bom balanço entre agressividade e defesa quando jogar em equipe.

Infelizmente, não consegui escapar da instalação durante minha experiência na TGS 2019, mas jurei que testaria Sam e Valerie e escaparia com sucesso durante o beta fechado, que chega em Outubro.

Jogando Como o Mastermind

Considerar os movimentos dos sobreviventes e o custo das cartas são suas chaves para vencer quando jogar de Mastermind. Para vencer neste papel, você precisa impedir os sobreviventes de escapar. Ao vê-los por seus ícones no mapa e pelas câmeras de segurança, você deve ficar de olho nos sobreviventes e fazer armadilhas ou colocar criaturas para impedir que escapem.

O Mastermind usa uma variedade de cartas, como colocar zumbis, armadilhas e atirar com as câmeras de segurança. Durante esta experiência, o Mastermind tem um total de quatro cartas para usar. Cada carta tem um custo e o custo das cartas poderosas era alto. O Mastermind tem um número limitado de cartas que pode usar, mas elas voltam com o tempo. Pensei constantemente que colocar criaturas como o Licker ou o Tyrant me ajudaria a vencer, mas aprendi que não é tão simples quanto usar suas maiores cartas logo de cara.

A equipe que me ajudou a aprender sobre o jogo me disse que os sobreviventes tendem a estar em desvantagem antes de se acostumarem com o jogo.

Enquanto jogava como o Mastermind e monitorava os sobreviventes pelas câmeras, notei que eles estavam tendo dificuldades em passar pelas armadilhas e zumbis iniciais. Quando um sobrevivente finalmente passou pelas armadilhas e entrou em uma sala, apaguei as luzes e imediatamente tranquei a porta. O sobrevivente surpreso tentou abrí-la, mas sem sucesso. Para piorar, enquanto ele estava em pânico na sala, um zumbi ali dentro partiu para o ataque.

Como o Mastermind, tive uma satisfação sádica de prevenir a fuga dos sobreviventes. Mesmo que desligar as luzes e trancar a porta não tenha sido um movimento complexo ou que requeira cartas, tenho que admitir que foi uma experiência bastante divertida.

Ter em mente as habilidades dos sobreviventes, como a habilidade de January de hackear câmeras de segurança, é importante, e foi difícil de lidar como o Mastermind. A habilidade do Mastermind de interferir nos sobreviventes é dificultada quando não se pode vê-los nas câmeras.

Uma vez que pude antecipar as habilidades dos sobreviventes, entender onde colocar zumbis, armadilhas e trancar portas, pude atrapalhar o avanço do grupo o suficiente para que o tempo acabasse. Foi um jogo fácil desta vez, o que me fez pensar bastante sobre como melhor jogar com os sobreviventes.

Com o teste Beta fechado chegando em 4 de outubro e mais melhorias a serem feitas, o balanço do jogo se tornará ainda melhor. Mal posso esperar para ir com tudo e ver como posso melhorar minhas habilidades como o Mastermind!

Quer saber mais? Leia nossa entrevista com o produtor de Resident Evil: Project Resistance, Masachika Kawata, aqui.