Após um breve teaser na semana passada, todos os detalhes da primeira edição virtual do Sertões em Gran Turismo Sport foram revelados. Confira no press release abaixo.


Foi dada a largada para a primeira edição virtual do Sertões. Mais de 60 competidores começaram nesta terça as provas de classificação para o Sertões Virtual powered by Motul com apoio técnico da PlayStation e da Apex. Entre os candidatos ao título do Sertões virtual estão os campeões do Sertões real 2019, Idali Bosse (UTVs), Kaike Bentivoglio (carros) e Lucas Moraes (carros).

A prova será disputada nos circuitos Sardenha Moinho de Ventos (3.310m – 14 curvas); Colorado Springs (2.990m – 15 curvas) e Fishermans Ranch (6.893m – 40 curvas) do simulador Gran Turismo Sport da PlayStation.

A iniciativa surgiu do trabalho conjunto de equipes de quatro empresas diferentes que só se conhecem virtualmente. Trata-se de uma ação colaborativa onde cada uma das marcas investiu tempo e tecnologia para proporcionar uma experiência competitiva capaz de aliviar a saudade dos competidores, que desde o encerramento da temporada 2020 estão sem uma disputa.

Os candidatos ao primeiro “título virtual” do Sertões disputaram uma rodada de classificação que selecionou os 16 mais rápidos. Os classificados entram na fase eliminatória com disputas no estilo “mata-mata”. A chave da fase decisiva foi montada de acordo com os tempos de classificação. O mais rápido enfrenta o dono do 16. tempo e assim por diante. A final acontece no dia 30/5.

Duas pilotas, Janaina Souza e Libera Costabeber, participam da disputa, que segue a tendência de algumas categorias do automobilismo como a F1. A tecnologia dos games evoluiu o suficiente nos últimos anos para garantir aos concorrentes quase o mesmo tipo de emoção que eles encontram nas provas reais. Do acerto dos carros ao estilo de pilotagem mais eficiente no ambiente da poeira eletrônica, os concorrentes se exercitam no game para os mesmos desafios das provas de verdade.

“É um prazer quando vemos os competidores do Sertões se divertindo com a disputa do Sertões Virtual. Essa iniciativa mostra caminhos de trabalho colaborativo que empresas podem se engajar mesmo em ambientes econômicos adversos. Temos orgulho dessa parceria com a Motul, a PlayStation e a Apex. Juntos temos potencial de desenvolver projetos comuns em várias áreas. Muitos dos obstáculos que enfrentamos hoje podem ser superados com parcerias assim.”, Diz Joaquim Monteiro, principal executivo da Dunas, a empresa que organiza o Sertões e o Sertões Series.

“O 1º Sertões Virtual by Motul é o esquenta do maior Rally da Américas. Estamos curiosos pra ver se os feras da poeira também mandam bem no mundo dos games! A relação da Motul com os Sertões é antiga e vem se fortalecendo a cada edição. Neste ano, com a colaboração decisiva da PlayStation e da Apex, colamos de pé o projeto do Sertões Virtual, dentro da nossa estratégia de reforçar e ampliar a presença do Motul no Brasil. Esse primeiro passo virtual tem tudo a ver com DNA inovador da marca e é um aperitivo do que vem por aí”, diz Matheus Marins, gerente de marketing da Motul Brasil.

“Nós da PlayStation estamos ansiosos para ver como se viram pilotos tão experientes agora com o controle na mão. Ficamos felizes da levar as pistas para a casa das pessoas”, fala Rafael Stival, gerente de marketing da PlayStation Brasil.

Calendário Sertões virtual by Motul
19 e 20/05 – ETAPA CLASSIFICATÓRIA
22/05 – OITAVAS DE FINAL
24/05 – QUARTAS DE FINAL
27/05 – SEMIFINAL
30/05 – FINAL

O Sertões: No ano da sua 28ª. Edição, o Sertões segue trazendo novidades. Projeta o futuro em três dimensões: Esporte, Social e Turismo. O lado competitivo da prova evolui com novos desafios de navegação, velocidade e tecnologia e agora de uma competição virtual. O lado Social, também conhecido pelo trabalho do S.A.S. (Saúde e Alegria nos Sertões), praticamente dobra a sua capacidade de atendimento das populações sertanejas por onde o Sertões passa. Cidades remotas com população carente. O SAS ampliou muito o seu escopo em tempos de pandemia atuando nas grandes comunidades do Rio de Janeiro e de São Paulo. Com técnicas de telemedicina, o projeto social cresce ao ponto de poder atender até 40.000 pessoas com consultas remotas. Finalmente: a dimensão, turística. O Sertões revela lugares que pouca gente conhece e agora tem uma estrutura capaz de levar turistas para acompanhar a prova e todas as atrações do entorno. Quando a Pandemia passar, os expedicionários do Sertões poderão escolher suas viagens em um cardápio com mais de 15 opções diferentes oferecido por 9 empresas homologadas. Mais ainda, as “expedições Sertões” são agora uma opção de viagens aberta o ano inteiro.