GameplayNotíciasPlayStation 4TrailerVídeos

Novo trailer e vídeos de gameplay de Crash Team Racing Nitro-Fueled


A Activision divulgou um novo trailer de gameplay de Crash Team Racing Nitro-Fueled. Veja logo acima.

Paralelo a isso, sites disponibilizaram alguns previews hoje do jogo produzido pela Beenox. Abaixo você vê alguns gameplays desses sites.

Crash Team Racing Nitro-Fueled será lançado em 21 de junho de 2019 para PS4, Xbox One e Switch.


O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Em 2017, a Activision animou os fãs de Crash Bandicoot ao lançar a belíssima N. Sane Trilogy. Esse trio de clássicos de PlayStation remasterizados aumentou ainda mais a empolgação e apetite dos fãs para uma versão atualizada de Crash Team Racing. A Activision fez desse desejo uma realidade em dezembro passado ao anunciar Crash Team Racing: Nitro Fueled, e agora tivemos uma chance de testar o jogo de karts. Também falamos com Stéphane Gravelat, Diretor de Produção da Beenox, sobre a atualização deste jogo de corrida maluco e colorido.

Tomando o Volante

A nova pintura de Nitro-Fueled chama tanta atenção quanto trazer um carro velho para um mecânico. Começando pelo menu de seleção de corredores, é evidente que a Beenox levou à diante os detalhes cativantes apresentados na N. Sane Trilogy. Doctor Cortex tem um olhar matador, enquanto Coco olha seu celular adoravelmente enquanto espera em seu kart. Esse mesmo esplendor visual está nas próprias pistas, que estão cheias da vivacidade dos cartoons. Cachoeiras exuberantes e navios piratas injetam em Crash Cove uma nova personalidade, enquanto famílias inteiras de ursos polares fofinhos perambulam pelo Polar Pass. As pistas são distintas e memoráveis.

Os controles do kart são ultra refinados e responsíveis. Me senti completamente em controle quando zapeava entre as focas do Polar Pass ou esquivava dos tatus rolantes de Dingo Canyon. Deslizar demora um pouco para acostumar a fazer; pilotos podem rapidamente cortar cantos, mas é fácil bater na parede acidentalmente. Mas não demora muito até que você entre no ritmo de deslizar e acelerar para fazer manobras.

A Beenox promete tudo que os fãs amaram no jogo original. A campanha single-player dará a oportunidade de encarar chefes como o errático Ripper Roo, e até o extra-terrestre em pessoal, Nitroux Exide. Os Time Trials tem um monte de desafios para jogadores veteranos, enquanto novas opções farão o jogo muito mais acessível a novatos (leia mais abaixo). Divisão de tela local ainda vive, enquanto a funcionalidade online para todos os modos multiplayer permite que você jogue contra jogadores de todo lugar.

Continue lendo para saber mais sobre o desenvolvimento com o Diretor de Produção da Beenox, Stéphane Gravel.

Levando CTR a uma Nova Geração de Pilotos

O que faz Crash Team Racing: Nitro Fueled ser diferente de outros jogos de corrida de kart?

Bem, Crash Team Racing: Nitro Fueled é a experiência de kart original. É a mesma experiência que os jogadores tiveram há 20 anos atrás quando jogaram no PlayStation original. Foi importante para nós nos mantermos fiéis ao jogo, enquanto o atualizamos para os padrões gráficos de hoje. É o melhor dos dois mundos — você tem um grande jogo e ainda consegue fazê-lo ficar o mais lindo possível. É algo da qual nos orgulhamos.

O jogo está sendo desenvolvido há pouco mais de um ano. Como tem sido respirar, dormir e viver este mundo?

É bem divertido. Aqui na Beenox somos grandes fãs de Crash Bandicoot. Mesmo quando a N. Sane Trilogy foi anunciada, já estávamos super felizes que ela viria. Gostamos dos jogos originais, e como muitos fãs por aí, queríamos que Crash Team Racing fosse remasterizado também. Então, quando a Activision estava em busca de um estúdio para remasterizar o jogo, nos prontificamos a trazê-lo à nova geração de consoles.

Onde começa o processo de desenvolvimento de uma remasterização como esta?

Começa com rejogar bastante o jogo original. Jogamos muito Crash Team Racing. Tomando notas, achando oportunidades de onde melhorar o jogo, quando possível. Em sua maior parte — considerando que já se passaram 20 anos — as coisas evoluíram muito. O que podemos fazer para modernizar esse jogo para os padrões de hoje. É claro, fidelidade visual era a parte mais óbvia, mas havia também corridas online. 20 anos atrás, correr online não era parte dos padrões, mas agora quando se compra um jogo de corrida é basicamente esperado que se possa jogar com seus amigos online.

Como foi retornar ao design e estética dos jogos dos anos 90?

Foi diferente dependendo de quem na equipe você perguntar. Para alguns de nós foi nostálgico. Comecei na indústria em 1998, e [Crash Team Racing] saiu em 1999. Estávamos jogando [Crash Team Racing: Nitro Fueled] durante nossos almoços e nos divertindo muito competindo uns contra os outros. Nos lembrou dos bons tempos quando comecei a trabalhar na indústria. Alguns de nossa equipe nunca nem viram o jogo original do PlayStation. Eles são mais novos que eu, então finalmente puderam ver o que Crash Team Racing foi. O jogo ainda tem muitos seguidores 20 anos após seu lançamento. Quando viram os gráficos originais do PlayStation, alguns dos [desenvolvedores mais jovens] falaram “Nossa, vocês jogavam jogos assim”? Na verdade, o jogo era lindo para a época. Dependendo de sua idade, você terá uma recepção muito diferente.

Alguma palavra final aos fãs de CTR por aí?

Estamos vendo em alguns fóruns online que os fãs querem que [Crash Team Racing: Nitro-Fueled] seja o mais próximo possível do jogo original. É algo que temos como meta também, então podem ter certeza que ele estará.

Crash Team Racing: Nitro-Fueled chega ao PS4 em 21 de junho.