O produtor executivo de Anthem, Mark Darrah, eventualmente responde perguntas de seus seguidores no twitter sobre o novo jogo da Bioware e recentemente soltou mais algumas informações.

Como já foi dito anteriormente por todo o staff da Bioware, Anthem terá matchmaking para até 4 jogadores para toda e qualquer atividade do jogo, incluindo os Strongholds, que seria algo semelhante as Raids (Incursão) em Destiny. A Bungie sempre reforçou que prefere que os jogadores montem seus times por conta própria enquanto a Bioware quer dar a oportunidade de todos os jogadores conseguirem parceiros para jogar, até para as atividades mais difíceis. Uma curiosidade sobre os Strongholds é que não será possível “solar”(jogar sozinho) o encontro, com o jogo sempre forçando a jogar em equipe.

Paralelo a isso, outras informações foram dados por Mark Darrah. Apesar dos Javelins serem diferentes, todos possuirão o mesmo HUD (interface de usuário), mas cada um terá tipos únicos de armamentos. O Colossus, por exemplo, será o único a carregar armas pesadas, já o Interceptador somente usará armas leves, como pistolas,  submetralhadoras ou shotguns.

Informações mais detalhadas sobre o “loot” do jogo serão dadas posteriormente, mas Mark já adiantou que não haverá um sistema de troca de itens em Anthem e que não será possível vender armas e equipamentos no jogo, mas sim desmontá-las para usar suas peças na criação de novos itens.

A customização de cores dos Javelins será livre para o jogador, não se prendendo a um estilo ou esquema de cor, como os tonalizadores de Destiny. Isso dará liberdade para customização de peças separadas com cores diferentes. Mark insiste que, apesar de várias opções de customização no lançamento do jogo, outras mais podem chegar após o lançamento.

Anthem será lançado em 22 de fevereiro de 2019.