Com o lucro da Netflix atingindo 16 bilhões de dólares em 2018 e outras companhias, como a Disney, estarem se preparando para lançar seus próprios serviços de streaming, a “guerra de streaming” será forte em 2019.

No entanto, ao que tudo indica, a Netflix está preocupada com outra coisa: a Epic Games com seu Fortnite.

No relatório em que a Netflix divulga seus lucros de 2018, a companhia menciona que comanda 10% do tempo das tela das TVs nos EUA e um pouco menos que isso no tempo total do celular. Em outros países, a porcentagem é menor devido à popularidade da plataforma. A razão, segundo a Netflix, não é devido à competição de outros programas de streaming, mas sim videogames e jogos online.

“Nós competimos (e perdemos) com Fortnite mais do que a HBO”, disse o relatório da Netflix. Apesar da Netflix ter 139 milhões de assinaturas ativas em todo o mundo e Fortnite mais de 200 milhões contas registradas, o dado mais precioso que a Netflix busca vencer é o “tempo na tela do consumidor” – é aqui que Fortnite tem vencido, segundo a gigante do streaming.