NotíciasPlayStation 4

Mais de 70 membros da Guerrilla Games estiveram envolvidos no desenvolvimento de Death Stranding

A equipe da Kojima Productions é relativamente pequena para os padrões de desenvolvimento AAA nessa geração, ainda mais quando se leva em consideração o escopo de Death Stranding, contando com apenas 100 empregados.

Parte da razão para isso foi observado pelo videogamechronicle (via Twinfinite), o qual observou que cerca de 70 membros da equipe da Guerrilla Games também esteve envolvido no desenvolvimento do jogo.

Isso não chega a surpreender, sendo até previsível de certa forma, considerando que Hideo Kojima escolheu utilizar a Decima Engine, criada pela Guerrilla Games para Horizon: Zero Dawn, para o desenvolvimento de Death Stranding, recebendo acesso as ferramentas após uma longa série de vistas aos estúdios integrantes da Sony Worldwide Studios.

Analisando os nomes e as posições ocupadas, fica claro que muito do auxílio prestado pela Guerrilla se refere ao suporte técnico, incluindo auxílio em efeitos visuais, animação, áudio, programação do jogo, etc. Considerando o quão bem eles conhecem a engine, ajudando a acelerar o desenvolvimento e melhorar a sua performance, apesar de ser surpreendente quase metade da equipe envolvida no jogo não fazer parte da Kojima Productions.

Parte da qualidade técnica do jogo é o porquê ele tem tido uma recepção tão positiva. Caso queira saber mais sobre Death Stranding, você pode ler a nossa análise clicando aqui ou assistir a nossa video análise mais abaixo.