As lojas Target e Kmart na Austrália não estão mais vendendo Grand Theft Auto V, pois o jogo retrata violência à mulher.

A decisão da loja veio devido a reclamações dos consumidores. Grand Theft Auto V foi o único jogo que sofreu essa decisão.

O CEO da Take-Two, Strauss Zelnick, disse que está desapontado com a decisão das lojas e que o título, além de ser adorado por milhões de pessoas ao redor do mundo, explora assuntos maduros e conteúdos similares são encontrados em diversos outras formas de entretenimento. Ele defende os produtos da Rockstar, assim como as pessoas que o criam, e os consumidores que os jogam.