NotíciasPlayStation 4

Kojima comenta que sequência de Death Stranding talvez deva existir para solidificar novo gênero

Em uma entrevista com o site GameSpot, Hideo Kojima comenta que uma sequência de Death Stranding talvez devesse existir para que o novo gênero proposto pelo jogo seja solidificado.

Kojima explica que, sem sequências, Death Stranding não estabelecerá “Strand” como um gênero contínuo. “Quando você cria algo novo, é necessário criar uma sequência e, em seguida, uma terceira versão, ou ela não permanecerá como um gênero”, disse ele. “Quando este jogo for lançado, haverá muitos prós e contras, e esses elementos podem se tornar a essência da parte principal, mas acho que é melhor continuar em uma sequência”.

Em relação a quantos jogos o gênero precisa para florescer, Kojima sugeriu “provavelmente pelo menos 1,5 e depois 2, talvez, pelo menos, para que permaneça e as pessoas tenham consciência do gênero”.

Death Stranding é o que Kojima chama de “jogo de fios (strand)”, que ele diz nunca ter existido antes. Embora ainda não esteja claro exatamente o que defina isso, ele parece estar vinculado por elementos sociais, como o seu multiplayer assíncrono, em que você “ajuda outros viajantes sem cruzar os seus caminhos”.

Death Stranding será lançado em 8 de novembro para PS4.