O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.
 


A espera foi grande, e por isso, quando a equipe da MidBoss decidiu formar um estúdio de games e me pediu para ser o Artista e Diretor encarregado, as coisas começaram a tomar uma certa forma. Tínhamos acabado de executar a primeira edição do que se tornou a convenção anual GaymerX, então as palavras “criar nossos próprios jogos” ainda soavam em nossos ouvidos. Eu já trazia na bagagem a experiência e uma certa paixão pela arte em 2D e todos nós amamos um gameplay com narrativa, então, criar um game de aventura parecia ser uma espécie de passo natural para a equipe. Decidimos honrar tanto a estética clássica do gênero, como também de revitalizar o gênero com elementos mais modernos ao criar personagens, uma nova forma de storytelling, e até mesmo revitalizar a mecânica do jogo. Com todas as peças no lugar, além de um acabamento cyberpunk, Read Only Memories foi criado.

Dar vida a um jogo gráfico de aventura atualmente é muito mais complicado do que parece à primeira vista, especialmente com a abordagem que escolhemos. Ramificações de caminhos narrativos dão aos jogadores infinitas possibilidades e com isso o playthrough se torna mais gratificante. Isso também significa que tínhamos de dar conta de toda e qualquer ação que o jogador escolhesse tomar e nos certificar de que as coisas funcionassem e fizessem sentido. Sabíamos que tínhamos um projeto muito mais complexo em mãos do que inicialmente esperado.

Read Only Memories

A criação dos personagens foi muito importantes para nós desde o início. Mesmo nas primeiras demos, o que mais deixou todos animados eram os personagens. Uma das personagens, Jess, fez pouco mais do que apenas te chamar de “jerk” (bobão) e todo mundo adorava isso! Ficamos cada vez mais seguros em incluir personagens mais diversos e bem interessantes depois desse teste. Ver os meus personagens de anos atrás criando forma e se tornando totalmente animados, muitas vezes meio provocadores e falastrões é ainda algo surreal pra mim.

Pensamos muito sobre o que poderia ou deveria ser visto como normal em um dia qualquer no mundo do futuro de 2064 e como poderíamos trazer as pessoas para esse mundo. Os jogadores podem selecionar seus nomes, títulos, e até mesmo a sua dieta preferida! Nós nem sequer temos nada planejado para a parte das dietas! Mesmo assim era algo legal de se ter e por isso incluímos o feature. Embora os personagens protagonistas vivam suas próprias vidas na Neo-San Francisco, permitir essas pequenas escolhas ajuda os jogadores a se familiarizarem e se sentirem mais próximos da ambientação.

Read Only Memories

Claro, você pode criar personagens e histórias fantásticas, mas se a sua mecânica não se adequar a eles, não vai funcionar. Esse foi definitivamente um dos nossos maiores desafios. Não só tivemos de criar esse mundo e seus personagens, mas também tivemos de deixar o jogador interagir com eles de maneira que tudo funcionasse e fizesse sentido. A maioria dos jogos de aventura da velha guarda usam coisas como itens combinados, o pixel hunt e outros mecanismos dos quais tentamos nos distanciar. Esses features adicionavam uma camada de dificuldade artificial (e muita frustração).

Queríamos que os jogadores pudessem embarcar, de forma mais orgânica, no papel de detetive virtual e manter os quebra-cabeças para utilizar itens e continuar conversas com outros personagens. Na verdade, e não acho que estávamos muito abertos para isso, a maioria dos quebra-cabeças possuem várias soluções, que podem afetar o fluxo da história. Nosso objetivo é que cada jogador possa gravitar, de forma natural, em torno de uma solução que melhor se encaixe em sua personalidade. Tentamos não entregar muita informação quando alguém comenta sobre coisas que aconteceram, que eles não percebem e que poderiam ter mudado ou impedido.

Read Only Memories

Essa tem sido uma jornada incrível e ainda não parei pra pensar como tudo realmente se desenrolou até chegar aqui, mas me sinto muito animado por fazer parte de tudo isso. Por ser o primeiro jogo do nosso estúdio, os elogios que temos recebido tem sido incríveis. Espero trabalhar em mais títulos para os fãs do game e sei que vamos acabar incluindo cada vez mais conteúdo ao longo do tempo…