O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Olá, pessoal! Aqui é a Tanya Short, designer da Kitfox Games. Desde a última vez que estive por aqui, anunciando que Moon Hunters viria para o PS4 e para o PS Vita, expandimos muito o game, adicionando duas classes de jogador extra, os biomos de montanha e de rio e, mais recentemente, o sistema de cozinha. Estamos a caminho de lançar o game para PS4, no outono de 2016.

Moon Hunters

Hoje, estou escrevendo este post porque quero contar sobre o sistema de cozinhha, que foi um raro prazer para desenvolver.

Um ano inteiro se passou desde que fizemos uma campanha no Kickstarter para Moon Hunters. Com a meta de US$ 75.000, prometemos uma versão para PS4. Isso melhorou nossa comunidade – depois que anunciamos nosso suporte para PS4, não apenas houve mais arrecadações como a positividade sobre o game também cresceu. Eu não sei se é porque há algo especial sobre os jogadores de PS4 que amam os indies ou, talvez, todos se sentem mais esperançosos quando há versões para consoles, mas estou grata por isso.

Dez mil dólares depois, prometemos um sistema de cozinha. Sempre achei que cozinhar seria maravilhoso, mas certamente teria sido cortado se não tivéssemos um impulso adicional pelo Kickstarter. Enviamos camisetas, pôsteres e cartões postais, respondemos a incontáveis emails, mas nada nos deu uma satisfação tão grande quanto fazer este sistema de cozinha!

Cozinhar, em games, é profundamente nostálgico, graças a games de viagem como Suikoden II, Tales of Symphonia e Monster Hunter… mas acho que a nostagia de cozinhar vai mais fundo do que isso.

Os modernos chefs usam ferramentas e técnicas sofisticadas, mas mesmo na antiga Mesopotâmia, cozinhar era essencial a Gilgamesh e a Enkidu, em suas viagens. Pode ser a mais antiga forma de arte, já que a espécie humana evoluiu quase ao mesmo tempo que o uso do fogo.

Cozinhar em Moon Hunters é bem simples. Combine dois ingredientes e, dependendo do resultado, todos na festa têm um bônus. Os exploradores apreciarão descobrir todos os diferentes meios para encontrar e liberar novos ingredientes: compras, diálogos, matando monstros etc., com vários sabores regionais. Os peixes mais deliciosos estão no rio, frutas raras crescem nas montanhas, a vila no deserto cultiva apricôs e assim por diante.

Moon HuntersMoon Hunters

Talvez devido a esta antiga necessidade, apesar de sua simplicidade, cozinhar foi um sucesso com os testadores! Grupos de jogadores celebram e riem, mesmo se seus chefs fizeram ótimos Moon Cakes ou se perderam na Weird Soup. Na verdade, comemoraram tanto quanto derrotar um chefão.

Porém, implementar a cozinha pareceu um luxo indulgente. Como uma desenvolvedora indie, não estou acostumada a explorar os recursos da minha lista de desejos. Combates, iluminação, movimento… isso é necessário. Cozinhar… tecnicamente, não. É um raro prazer arredondar o mundo de um game.

Então, obrigada por esta rara e deliciosa oportunidade. Até o outono de 2016, fiquem à vontade para se inscreverem em nossa newsletter para atualizações importantes .