O texto abaixo foi publicado no PlayStation.Blog brasileiro.


Eu realmente mal posso esperar pela PlayStation Experience este ano, e eu estou muito orgulhoso de anunciar que o primeiro título da Household Games, Way of the Passive Fist, vai chegar ao PS4 em 2017. Eu também estou muito empolgado de anunciar que Way of the Passive Fist será jogável pela primeira vez na PSX 2016 neste final de semana.

Em Way of the Passive Fist você joga como The Wanderer, uma figura misteriosa que domino a arte do Passive Fist (Punho Passivo) e luta defensivamente contra os inimigos para cansar até o mais poderoso dos oponentes. Diferente da maioria dos brawlers de estilo arcade, The Wanderer não tem um ataque básico como um soco ou chute, em vez disso você tem uma série de defesas, desvios e esquivas a sua disposição. Aqui não há espaço para sair apertando um monte de botões a esmo… fique calmo, estude seus inimigos e sobreviva no terreno deserto.

Seja Passivo e Então, Agressivo

Você não pode ser passivo o tempo todo, às vezes você precisa passar um recado, e The Wanderer tem uma arma secreta. Um braço melhorado mecanicamente que é extremamente poderoso mas que requer muita energia pra ser usado. Por sorte, a energia que você absorve dos ataques dos inimigos o carregam, permitindo golpes poderosos que podem acabar com qualquer inimigo no seu caminho. É a quantidade exata de força bruta, bem quando você precisa, e ele também pode destruir objetos no ambiente para encontrar segredos e itens úteis.

Way of the Passive Fist

Way of the Passive Fist

Nosso Próprio Universo de Desenho Animado dos Anos 90

Desde o começo, nós queríamos criar um jogo licenciado de um desenho animado dos anos 90 que nós gostaríamos que existisse. Muitos dos meus jogos favoritos são brawlers licenciados baseados em desenhos e quadrinhos populares, e eu queria que Way of the Passive Fist tivesse o mesmo nível de exuberância. Aquela sensação quando você chega a uma luta contra chefão e você pode enfrentar um dos vilões do programa, essa é uma sensação que eu queria criar no jogo.

O jogo se passa no Planeta Eiectus, um mundo governado pelo seu sol volátil e opressivo. Tudo nesse mundo tira energia do sol, mas as condições extremas também tornam a sobrevivência extremamente difícil. Exaurir-se é uma sentença de morte. Ao dominar a técnica do Passive Fist, The Wanderer continua a sobreviver para enfrentar corsários do deserto, cientistas loucos e fanáticos adoradores do sol.

Way of the Passive Fist

Acessibilidade

Além de toda essa ação estilo sábado de manhã, eu tenho orgulho de dizer que acessibilidade é um ponto importantíssimo em Way of the Passive Fist. Estamos trabalhando com o promotor de acessibilidade Clint “Halfcoordinated” Lexa como nosso consultor de acessibilidade e design. Com a ajuda dele, nós estamos garantindo que tudo no jogo, os controles, os gráficos, o áudio e até o gameplay tenham opções para torná-los tão acessíveis quanto possível. Com esse foco em mente, nós também criamos alguns recursos singulares que irão tornar o game melhor para todos os jogadores!

Se você está procurando um brawler arcade que oferece algo novo e quer lutar em um universo incrível inspirado por desenhos, espero que você experimente Way of the Passive Fist na PlayStation Experience 2016.