PUBLICIDADE

O presidente e CEO da Sony, Jim Ryan, durante uma entrevista para o site GI.biz, falou um pouco mais sobre o vindouro PlayStation 5, previsto para ser lançado no final de 2020.

Apesar de não ter comentado especificamente sobre quais jogos estão sendo desenvolvidos para o console ainda, Ryan disse que “enquanto nós nos aproximamos da próxima geração em 2020, uma das nossas tarefas – provavelmente a nossa principal tarefa – é pegar a nossa comunidade e fazê-la transicionar do PlayStation 4 para o PlayStation 5 e em uma escala e ritmo que nós nunca entregamos anteriormente”.

Ryan disse ainda que ainda há mais sobre o console para ser compartilhado que nós ainda não sabemos e que ele está focado nos títulos que “irão fazer com que o PlayStation 5 viva ou morra, assim como fazem com todas as plataformas.”

Ele também deixou claro que a globalização será um dos pontos-chave para os quais a marca PlayStation está olhando para poder facilitar o sucesso do PS5.

PUBLICIDADE

Se nós vamos ter sucesso, nós temos que aproveitar as oportunidades que a globalização traz. Eu vou te dar alguns exemplos. Um é sobre o estabelecimento do produto PlayStation 5, a definição das suas características, do desenvolvimento e implementação dessas características. Esse processo, desta vez, foi muito mais simplificado em comparação a qualquer coisa que fizemos no passado.

Os planejadores do produto agora estão tendo uma conversa ao invés de três diferentes reuniões regionais, onde eles precisavam reconciliar posições que muitas vezes eram conflitantes ou contraditórias, com um processo infinito de iterações e consenso. Isso não está mais acontecendo. Nós temos uma reunião e nos juntamos e fazemos as coisas.

O desenvolvimento desses jogos agora está sendo liderado pelo novo chefe da Sony Interactive Entertainment Worldwide Studios, Hermen Hulst, conforme a Sony anunciou hoje, com o Shuhei Yoshida passando a liderar o relacionamento com desenvolvedoras independentes.