O diretor dos filmes de “Star Trek”, J. J. Abrams, conversou com o site Gamerhub e comentou sobre frustração do jogo que foi lançado neste ano produzido pela Digital Extremes e publicado pela Namco Bandai.

“O último game, o qual obviamente foi uma grande decepção para mim, era algo que nós na verdade nos envolvemos desde o início e então percebemos que não iria para o lugar que queríamos que fosse, então largamos e eles continuaram a fazê-lo apesar de… você sabe”, disse Abrams. Esse “você sabe” é uma maneira correta de dizer que o jogo ficou um lixo.

“Para mim, o jogo poderia ter sido algo que se beneficiasse da série e que seria divertido, emocionante, com um gameplay ótimo, e ao invés disso foi algo que eu acho que, para mim machucou emocionalmente, pois estávamos trabalhando duro para fazer o filme e então esse game saiu e eu o peguei. Essa não é nem minha opinião, ele foi criticado universalmente e acho que foi algo sem dúvida que não ajudou o filme e no fim o machucou”, lamenta Abrams.

Apesar disso, Abrams não mudou de ideia sobre jogos baseados em filme por completamente. Ele sabe da fama que esses jogos tem, principalmente por serem decisões de marketing. Mas ele espera mudar isso através do seu projeto com a Valve.