Sem dúvida deve existir um incentivo para que as desenvolvedoras e publishers permitam que seus jogos fiquem de graça no plano PlayStation Plus.

Segundo Brian Silva, gerente das relações públicas da marca PlayStation, os desenvolvedores podem aceitar "aquisições" para que seus jogos fiquem de graça por um determinado período.

Agora, os co-fundadores da FuturLab, Kirsty Rigden e James Marsden, também comentaram sobre isso em um artigo na GamesIndustry.

"Eles vêm até você com um acordo. Eles dizem, nós daremos a você essa quantidade de dinheiro se pudermos colocar seu jogo de graça, ou de forma exclusiva, ou com desconto ou uma combinação disso. Há várias maneiras diferentes que você pode fazê-lo. A quantidade de dinheiro que eles sugerem será relevante ao pacote", diz Rigden. "Eles chamam de uma aquisição de vendas garantidas. É como se olhassem a uma quantia garantida de downloads – você discute um acordo e decide se vale a pena. Para nós, era menos sobre dinheiro e mais sobre exposição, principalmente com uma sequência chegando", comenta Marsden.

Você pode conferir o artigo do site GamesIndustry na íntegra clicando aqui. Há outras curiosidades, principalmente sobre a história da FuturLab e seu relacionamento com a Sony.