O diretor e produtor de Final Fantasy XIV: A Realm Reborn, Naoki Yoshida, disse que a versão de PS4 “está incrível” à publicação japonesa Game Watch.

Ele comenta que está contente com a grande quantidade de memória que o console oferece. Porém, mesmo com isso, a equipe decidiu optar em deixar o jogo com 30 quadros por segundo ao invés de 60. Segundo Yoshida, não há vantagem em um MMORPG usar tal característica. Ele prefere mostrar um maior número de personagens na tela, em compensação – bem mais que a versão de PS3.

Os jogadores poderão escolher o quanto desejam ver na tela, mesmo que sejam apenas os membros de sua party.