O diretor de Final Fantasy XIV: A Realm Reborn comentou que a exclusividade do jogo para os consoles Sony (PS3, PS4 e o jogo também existirá para PC) é somente por culpa da Microsoft, e não por decisão da Square Enix.

Segundo o diretor, a Xbox Live possui uma política bastante restrita. A ideia do jogo é que os jogadores interajam entre si não importando a plataforma – ou seja, jogadores de PS3 poderão jogar com os de PC. A Microsoft não permite “cross-play” dessa forma.

A equipe de produção não deseja separar a comunidade e, por isso, o jogo não será lançado para o Xbox 360 ou Xbox One.